Assine QUATRO RODAS por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Citroën produzirá C4 L na Argentina

Sedã vai aposentar o antigo C4 Pallas

Por Vitor Matsubara
Atualizado em 9 nov 2016, 12h22 - Publicado em 18 abr 2013, 14h34
fabricantes

A Citroën confirmou na noite da última quarta-feira, 17 de abril, a produção do sedã C4 L na Argentina. Embora a montadora não tenha especificado qual modelo será fabricado lá, os sucessivos flagrantes do modelo circulando pelas ruas portenhas (com e sem camuflagem) indicam que ele será o próximo modelo a ganhar cidadania argentina.

Sem revelar muitos detalhes, a marca afirmou que o veículo global começa a ser fabricado no segundo semestre de 2013. De acordo com a empresa, o motorista terá à disposição uma série de “soluções inteligentes e as últimas tecnologias embargadas para garantir uma condução mais confortável”.

Substituto do C4 Pallas, o futuro sedã poderia usar o motor 1.6 THP, já empregado nos modelos da linha DS, desde o pequeno DS3 até o DS5. Além da Argentina, o C4 L foi visto em testes no Brasil, onde ele pode ser lançado até o ano que vem.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.