Chevrolet Trailblazer perde motor V6 que já empurrou Camaro e Omega

Versão a gasolina de 277 cv saiu de linha e encerrou história de 23 anos da GM com esse tipo de propulsor no Brasil

Versão V6 era oferecida apenas para a Trailblazer

Versão V6 era oferecida apenas para a Trailblazer (Divulgação/Chevrolet)

A Chevrolet tirou de linha, sem grande alarde, a versão V6 do Trailblazer. Agora o SUV, que já era vendido somente em um pacote de acabamento, oferece apenas o propulsor 2.8 turbodiesel de 200 cv e 51 mkgf que também equipa a picape S10.

A versão Premier V6 era oferecida por R$ 196.096, enquanto a diesel tem preço sugerido de R$ 239.590.

O motor 3.6 V6 aspirado tinha injeção direta e variação de fase nos dois comandos de válvula

O motor 3.6 V6 aspirado tinha injeção direta e variação de fase nos dois comandos de válvula (Divulgação/Chevrolet)

A saída do propulsor 3.6 V6 de 277 cv e 35,7 mkgf quebra uma sequência de 26 anos de oferta desse tipo de motor em modelos da GM.

SUV era o último a oferecer opção V6 na gama brasileira

SUV era o último a oferecer opção V6 na gama brasileira (Divulgação/Chevrolet)

A estreia, aliás, se deu exatamente com a Blazer, em 1996. Na ocasião, o SUV ainda usava um V6 da família Vortec, com 192 cv e câmbio automático de quatro marchas.

Além de Blazer e S10, a Chevrolet também ofereceu a opção V6 nas versões importadas do sedã grande Omega e do SUV médio Captiva.

A geração anterior da Blazer estreou o motor V6 no Brasil

A geração anterior da Blazer estreou o motor V6 no Brasil (Marcelo Spatafora/Quatro Rodas)

O V6 usado pelo Trailblazer era importado e tem origem nobre. Oriundo da família Alloytec, o LFX já equipou, em diferentes variações de potência, o Omega Australiano, o Cadillac CTS e até mesmo o Camaro.

A mudança da GM ocorre em um momento em que sua maior concorrente no segmento, a Toyota, não só mantém a oferta do V6 para a SW4 como acaba de estender a opção do motor para a Hilux.

Mas isso não significa um fim para os Chevrolet V6 no Brasil. A nova Blazer, que é fabricada no México, está em estudos para o país e pode chegar com V6, também 3.6, mas com incríveis 309 cv.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s