Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Chevrolet S10 Z71 chega por R$ 260.490 para brigar com Ranger Storm

Com diversas modificações estéticas que incluem adesivos e detalhes em preto, a única mudança "mecânica" está nos pneus

Por Guilherme Fontana Atualizado em 27 out 2021, 15h43 - Publicado em 26 out 2021, 18h40

Revelada através de fotos obtidas por QUATRO RODAS, a nova Chevrolet S10 Z71 foi apresentada oficialmente nesta terça-feira (26). Disponível em configuração única por R$ 260.490, a versão dá à picape uma aparência mais aventureira, com adereços que sugerem maior aptidão ao off-road.

Assine Quatro Rodas por apenas R$ 12,90

É a primeira vez que a S10 adota a “grife” Z71, já presente em suas “irmãs” norte-americanas Colorado e Silverado. Diferentemente delas, porém, as alterações da brasileira são unicamente estéticas.

Chevrolet S10 Z71
Picape adota adesivos nas laterais e na traseira, além de um santantônio tubular Divulgação/Chevrolet

Por fora, a base visual da picape vem da versão topo de linha High Country, com a grade que ostenta o nome da Chevrolet em caixa alta. As diferenças ficam para os detalhes do para-choque em preto, os faróis com máscara negra e o logotipo da versão Z71, que substitui a gravata dourada no canto inferior direito.

As rodas de 18 polegadas também são as mesmas da configuração mais cara, mas passam a ser pintadas de preto e calçadas por pneus exclusivos, com ombros e laterais mais espessos – estes, por sinal, representando a única mudança “mecânica” da picape.

Chevrolet S10 Z71
Rodas são de 18 polegadas e apliques plásticos nos para-lamas são exclusivos Divulgação/Chevrolet

Ainda nas laterais, há inéditos apliques plásticos nos para-lamas, um estribo exclusivo e adesivos com desenhos geométricos que vão das portas ao final da caçamba, onde há outro adesivo com o nome da versão.

A traseira tem o mesmo padrão de adesivos e logotipos pretos, enquanto a caçamba carrega um santantônio tubular também exclusivo e a saída dupla de escape fica aparente. Para a S10 Z71, todos os detalhes cromados foram abolidos e, para a carroceria, estão disponíveis as cores cinza Topázio, prata Switchablade, branco Summit e azul Eclipse.

Continua após a publicidade

Chevrolet S10 Z71
Dianteira é a mesma da versão topo de linha, High Country Divulgação/Chevrolet

Interior, equipamentos e mecânica

Enquanto por fora a picape herda a aparência da versão mais cara, o interior e a lista de equipamentos são mais modestos. A Z71 não tem nenhuma outra configuração como base, mas fica posicionada entre as versões LT e LTZ, tendo assim uma lista de itens mais enxuta.

Chevrolet S10 Z71
Interior da S10 Z71 é simples, com central multimídia de 7 polegadas e ar-condicionado analógico Divulgação/Chevrolet

Entre os itens de série, conte com bancos de couro, seis airbags, piloto automático, controles de estabilidade e tração, faróis de neblina, luz diurna de LED, assistente de partida em rampas, câmera de ré, controle de velocidade em declive e indicador de pressão dos pneus.

Por outro lado, não há retrovisor interno eletrocrômico, alertas de colisão e saída de faixa, sensor de chuva e o ar-condicionado é analógico. A central multimídia, embora tenha Android Auto e Apple CarPlay, é menor em relação às versões LTZ e High Country, com 7 polegadas, e não tem conexão sem fio com os sistemas operacionais.

Chevrolet S10 Z71
Picape aboliu todos os cromados e ganhou saída de escape dupla Divulgação/Chevrolet

Já o conjunto mecânico da S10 Z71, embora o visual sugira maior apelo ao fora-de-estrada, é exatamente o mesmo das demais equipadas com o motor 2.8 turbodiesel. São 200 cv de potência e 51 kgfm de torque, acompanhados de uma transmissão automática de 6 marchas e tração 4×4.

Briga com quem?

A Z71 chega como uma nova versão regular da linha S10, não apenas como uma edição especial. Assim, por R$ 260.490, ela ocupa a faixa intermediária entre a LT (R$ 248.990) e a LTZ (R$ 270.990), ficando distante da configuração de entrada LS (R$ 221.490) e da topo de linha High Country (R$ 280.390).

Chevrolet S10 Z71 (16)
Estribo é exclusivo da versão Z71 Divulgação/Chevrolet

Para a própria Chevrolet, que estima uma participação da versão de 10% nas vendas da linha, a principal concorrente é a Ranger Storm. A picape da Ford é equipada com motor 3.2 turbodiesel também de 200 cv, além da tração 4×4 e da transmissão automática de 6 marchas, e sai por R$ 235.890.

A mira também está apontada para a Frontier Attack, ainda mais barata, de R$ 233.290. O modelo da Nissan traz um motor 2.3 biturbo com 190 cv e câmbio de 7 marchas, além da tração integral.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital

A edição 750 de QUATRO RODAS já está nas bancas!

Continua após a publicidade

Publicidade