Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Chevrolet fará SUV elétrico da Honda na mesma fábrica do Equinox no México

Além do modelo da Honda, será feito um utilitário de luxo da Acura com base de Cadillac nos EUA; ambos chegarão às lojas em 2024

Por Isadora Carvalho Atualizado em 7 jan 2021, 15h52 - Publicado em 6 jan 2021, 17h12
Lançado em 2019, o Honda E será o carro elétrico de entrada da Honda, que terá modelos maiores em parceria com a GM
Honda E é o carro elétrico de entrada da Honda, que terá modelos maiores em parceria com a GM Divulgação/Honda

Como QUATRO RODAS já havia adiantado em abril de 2020, a Honda e a General Motors fecharam uma parceria para o desenvolvimento de dois modelos elétricos. E, agora, essa união começa a render frutos: dois SUVs serão produzidos em breve na América do Norte.

E os fabricantes manterão o que prometeram no anúncio oficial: carroceria e cabine serão projetados pelos japoneses, mas aproveitando a plataforma global elétrica dos norte-americanos.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 7,90

A plataforma elétrica da General Motors
A plataforma elétrica da General Motors Divulgação/Quatro Rodas

O Honda totalmente elétrico deverá ser um crossover e será produzido na fábrica da GM em Ramos Arizpe, no México, mesmo local onde são produzidos o Chevrolet Blazer e o Equinox. 

Continua após a publicidade

No México, será produzido o utilitário da Honda, que dividirá as linhas de montagem em Ramos Arizpe com os Chevrolet Blazer e Equinox. Já o modelo da Acura será feito em Spring Hill, nos EUA, de onde sairá o Cadillac Lyric – elétrico que, não por acaso, cederá base a ambos.

Cadillac Lyriq
Cadillac Lyriq cederá base aos futuros elétricos de Honda e Acura Cadillac/Divulgação

Ainda não há informações oficiais, mas a expectativa é que os SUVs em desenvolvimento tenham baterias Ultium com autonomia de até 724 km – mais que suficientes para cobrir os 700 km de distância entre São Paulo (SP) e Florianópolis (SC), por exemplo,

Ainda que os planos de produção estejam adiantados, inclusive com definição das logísticas de montagem, a provisão de chegada dos novatos aos mercados norte-americanos (inicialmente, Canadá e EUA) é apenas para 2024. Por aqui, ainda não há previsão de vinda.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

Capa Quatro Rodas 740

Continua após a publicidade

Publicidade