Caso GM: número de vítimas chega a 50

Até aqui, 338 queixas foram registradas

mercado mercado

mercado (/)

O já conhecido caso do defeito na ignição que afetou milhões de carros produzidos pela General Motors desde meados da década passada ganhou um novo nesta segunda-feira (26). De acordo com Kenneth Feinberg, profissional contratado pela montadora para gerenciar as indenizações às vítimas e suas famílias, o número de mortos em acidentes relacionados ao defeito subiu para 50.

Até aqui, a GM já recebeu 338 queixas referentes a pessoas mortas em decorrência de acidentes com carros das marcas que compõem o grupo, o que representa uma aprovação de menos de 15% dos pedidos de indenização. No que diz respeito a feridos que pleiteiam algum tipo de ressarcimento, a porcentagem é muito menor: 0,027% (75 de 2.730 queixas).

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s