Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Caso GM: número de mortes relacionadas chega a 97

Revisão de acidentes está chegando ao fim

Por Rodrigo Furlan 5 Maio 2015, 14h28
mercado

A General Motors anunciou nesta terça-feira (5) que o número de mortos em decorrência de acidentes provocados pela já conhecida falha de ignição em carros da companhia subiu para 97, aumento de sete óbitos em relação ao divulgado na semana passada.

De acordo com a montadora, as indenizações relacionadas a feridos chegaram a 12 para casos graves, como tetraplegia, amputação dupla e danos cerebrais permanentes, e a 167 para casos menos graves, mas que ainda assim careceram de hospitalização dos envolvidos.

A perspectiva da GM é de que o número de mortes não deva subir muito além do que já foi divulgado. Faltam apenas 43 casos de falecimentos a serem avaliados e, até aqui, a média de indenizações aprovadas tem sido de 23,4%.

Publicidade