Clique e assine por apenas 8,90/mês

Carros exóticos também estão em Detroit

Futuristas ou não, eles causam polêmica no evento

Por Vitor Matsubara, de Detroit (EUA)* - Atualizado em 9 nov 2016, 12h59 - Publicado em 14 jan 2014, 13h32
detroit-2014

Nenhum salão de automóvel é o mesmo sem os modelos exóticos. Embora sejam mais raros de se encontrar em Detroit, uma visita ao Cobo Center – local onde acontece o evento – mostra alguns exemplares inusitados e personalizações de gosto um tanto quanto duvidoso.

>>> Veja tudo sobre o Salão de Detroit

No estande da smart, chama bastante atenção o fortwo Jeremy Scott. Customizado por um estilista de moda, ele é movido a eletricidade, podendo rodar até 122 quilômetros sem necessidade de recarregar a bateria. O carro passaria facilmente por um fortwo elétrico qualquer, não fosse o estranho par de asas colado na traseira do veículo, é claro.

carros-exoticos-detroit-2.jpeg

O espaço da Mopar é rico em personalizações diferentes. Representando a Fiat está uma 500L com visual nostálgico e pintura alaranjada. Ao lado da minivan temos um Jeep Wrangler Military Spec e uma Ram 2500 amarela como as máquinas agrícolas do grupo Case New Holland, que, assim como a Chrysler, é controlado pela Fiat. A picape grande, aliás, não passa despercebida graças a suas dimensões nada modestas.

Continua após a publicidade
carros-exoticos-detroit-3.jpeg

A Kia Motors trouxe para o Cobo Center algumas versões personalizadas do novo Soul, que será lançado no Brasil neste ano. Uma das unidades, inclusive, tinha uma chamativa pintura roxa e um equipamento de mixagem profissional utilizado por DJs.

carros-exoticos-detroit-4.jpeg

Na Toyota, o ecológico sedã FCV pode até conquistar pela autonomia elevada, graças ao uso de hidrogênio e eletricidade como combustíveis. Mas se ele vier a ser produzido, o visual certamente causará polêmica.

*Repórter viajou a convite da Anfavea

Publicidade