Clique e assine por apenas 8,90/mês

Cadillac deve transferir parte de suas operações para Nova Iorque

Objetivo é dar mais independência à marca

Por Rodrigo Furlan - Atualizado em 9 nov 2016, 13h59 - Publicado em 22 ago 2014, 20h43
mercado

A Cadillac está prestes a transferir parte de suas operações para a o Estado de Nova Iorque, mais precisamente para a ilha de Manhattan. A informação foi revelada pela agência Reuters, citando o histórico do novo presidente da marca, Johan de Nysschen.

Quando comandou a Infiniti, de Nysschen transferiu sua sede de Tóquio para Hong Kong, com o objetivo de dar mais independência à marca de luxo, afastando-se, pois, da influência mercadológica da Nissan. A ideia seria basicamente a mesma com a Cadillac, que sairia de Detroit para ficar mais “livre” em relação à General Motors.

Outro efeito colateral positivo seria a captação de jovens talentos da região nova-iorquina, que poderiam dar novos ares à Cadillac. Naturalmente, a mudança não envolve a efetiva produção dos carros, que continuará ocorrendo nas fábricas já existentes.

Publicidade