Clique e assine por apenas 5,90/mês

Audi terá e-tron Sportback S com três motores no Brasil em 2021

SUV cupê elétrico terá versão ainda mais potente com dois motores traseiros que garantem a possibilidade de fazer drift sem poluir o ambiente

Por Henrique Rodriguez, Igor Macário - 21 set 2020, 21h06
Divulgação/Audi

Carros com motor a gasolina (ou diesel) costumam ganhar ajustes na injeção, novos componentes internos no motor e turbocompressores mais poderosos ou mesmo um motor maior e mais potente em suas versões esportivas. No caso dos elétricos da Audi, o que eles ganham é um motor a mais.

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine com 64% de desconto.

O Audi e-tron Sportback S teve seu lançamento no Brasil confirmado para 2021 e sua principal diferença para o e-tron Sportback (R$ 511.990) é a presença de um terceiro motor elétrico. Com ele, cada uma das rodas traseiras passa a ter um motor independente – e, consequentemente, a possibilidade de fazer drift quando com os modos de condução mais esportivos ativados.

Divulgação/Audi

A potência chega aos 489 cv e o torque, a 99,3 kgfm. Para efeito de comparação, a versão convencional tem dois motores elétricos que somam 408 cavalos (184 cv vêm do motor dianteiro e 224 cv do propulsor traseiro) e 67,7 kgfm de torque.

Divulgação/Audi

O tempo de 0 a 100 km/h baixa de 5,7 s para 4,5 s na versão mais potente. Quem sai perdendo nessa é a bateria, que com os mesmos 95 kWh de capacidade passa a ter autonomia de 360 km em ciclo WLTP, contra 446 km da versão convencional. Anda mais rápido, mas não vai tão longe.

Completam as mudanças a suspensão a ar adaptativa que permite que a carroceria fique mais rente ao solo, os freios com discos maiores e as rodas aro 21, além dos para-choques com adereços esportivo e das caixas de roda mais largas.

No Audi e-tron GT concept dois motores elétricos entregam 590 cv de potência Divulgação/Audi

Outro elétrico esportivo confirmado pela Audi para 2021 é o E-Tron GT, algo como um Porsche Taycan da Audi e com trejeitos de A7 Sportback. Sua versão definitiva ainda será revelada, mas o conceito mostrado em 2018 tinha dois motores, um em cada eixo, 590 cv para levá-lo de 0 a 100 km/h em 3,5 segundos.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

Continua após a publicidade
Publicidade