Audi adota novo padrão de identificação de motores

Marca elege números entre 30 e 70 como referência para a potência dos seus motores

Linha “55” identifica carros de 333 cv a 373 cv

Linha “55” identifica carros de 333 cv a 373 cv (Audi/Divulgação)

A Audi vai adotar um novo padrão para a designação dos motores utilizados em seus carros. A partir de agora, combinações de dois números identificarão todos os modelos movidos a combustão e eletricidade, substituindo as diversas nomenclaturas adotadas até então.

As divisões adotam números entre 30 e 70. Eles estão relacionados à potência em kW, a unidade padrão do Sistema Internacional de Medidas, utilizada pelos fabricantes alemães, mas não de maneira direta.

A numeração começa pela linha “30”, identificando motores entre 110 cv a 130 cv (ou 81 a 96 kW), e progride em múltiplos de 5. A gama “45”, por exemplo, vai separar potências entre 230 cv a 250 cv (169 a 185 kW), enquanto a linha “55” será adotada em modelos de 333 cv a 373 cv (245 a 275 kW).

No topo surge a “70”, referente aos motores com mais de 544 cv. Todas as nomenclaturas serão acompanhadas do tipo de tecnologia adotada em cada motor – TSI, TDI, g-tron ou e-tron.

O nome completo de um Audi A8 55 TFSI, portanto, passa a indicar o modelo (A8), uma aproximação da potência do motor (55, referente aos 250 kW / 340 cv) e o tipo de funcionamento (TFSI, para motores à gasolina com turbo e injeção direta).

Já um A8 50 TDI faz referência aos 210 kW (285 cv) do motor turbodiesel.

Sim, é complicado, principalmente por não indicar a potência exata de forma clara. Mas numerar apenas o volume do motor, como antes, também já não ajudava muito – hoje há motores com o mesmo deslocamento mas potências bem distintas na Audi e em todo o grupo VW.

O número 50 vai indicar potências entre 210 e 230 kW (285 a 312 cv)285 a 312 cv (210 a 230 kW

O número 50 vai indicar potências entre 210 e 230 kW (285 a 312 cv)285 a 312 cv (210 a 230 kW (Audi/Divulgação)

As linhas de alto desempenho (S e RS) e o superesportivo R8 fogem desta nova regra – que entra em vigor imediatamente, antes da mudança ano/modelo planejada para o fim do primeiro semestre de 2018.

Recentemente, a Volkswagen do Brasil anunciou que também mudará a nomenclatura de seus carros. Neste caso, porém, a referência será o torque máximo na unidade de medida Nm. O novo Polo 1.0 TSI, por exemplo, será chamado de 200 TSI.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

  1. Diego Ferreira De Souza

    Só pra complicar. Isso é pra ver se vende?