Clique e assine por apenas 8,90/mês

Acordo automotivo entre Brasil e Argentina deve ser renovado

Ministro do Desenvolvimento quer estreitar laços com país vizinho

Por Rodrigo Furlan - Atualizado em 9 nov 2016, 12h32 - Publicado em 4 jul 2013, 15h54
mercado

Fernando Pimentel, ministro do Desenvolvimento, disse nesta quinta-feira (4) que o Brasil não tem restrições ou queixas em relação ao acordo automotivo firmado com a Argentina. Segundo notícia da Agência Estado, o dirigente afirmou que o País buscará os melhores termos na renovação do acordo, que termina em junho de 2014.

“Temos que direcionar a corrente para o que nos interessa, que é fortalecer o Mercosul e os países vizinhos, e aproveitar o movimento de globalização das cadeias para trazer mais benefícios para a nossa região”, disse Pimentel, falando sobre os laços com a Argentina e outros países próximos.

Ao discutir a renovação o acordo, o objetivo de Brasil e Argentina, na opinião do ministro, deve ser a integração efetiva de produção.

Publicidade