Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

A crise está ficando para trás, diz CEO da Toyota nos EUA

Jim Lentz aposta em tempos de recuperação as montadoras de automóveis

Por Fernando Valeika de Barros, de Los Angeles Atualizado em 9 nov 2016, 12h10 - Publicado em 3 dez 2012, 18h22
geral

Considerado um dos homens mais astutos da indústria do automóvel nos Estados Undos, Jim Lentz é o CEO da Toyota naquele país e também um homem otimista com o futuro dos carros nos Estados Unidos. Para ele, bons motivos não faltam para achar que a pior crise desde os anos 1930 está ficando para trás.

“A economia americana cresceu 2% no terceiro quadrimestre de 2012, o desemprego está caindo e a confiança dos consumidores voltou a aumentar”, disse Lentz, disse o executivo durante o Salão de Los Angeles. Segundo suas previsões, cerca de 14,3 milhões de carros deverão ser vendidos nos EUA este ano, o que representaria um aumento de 1,5 milhão de veículos na comparação com 2011. “Com estas boas notícias, a indústria automotiva americana está voltando aos tempos de alta.”

Ainda segundo Lentz, muitos analistas apostam que as vendas poderão voltar à marca de 16 milhões de automóveis em poucos anos. A principal razão é a média de idade da frota americana, de onze anos, em média. “As condições estão ótimas para comprar carros 0km, com taxas baixas e novas opções novas como os sistemas de carros compartilhados”. Além da quantidade, ele destaca a eficiência dos veículos. “Os carros estão cada vez mais limpos e eficientes no consumo de combustíveis, com sistemas de reconhecimento de voz e conectados como nunca.”

Continua após a publicidade

Publicidade