Clique e assine por apenas 8,90/mês

A crise está ficando para trás, diz CEO da Toyota nos EUA

Jim Lentz aposta em tempos de recuperação as montadoras de automóveis

Por Fernando Valeika de Barros, de Los Angeles - Atualizado em 9 nov 2016, 12h10 - Publicado em 3 dez 2012, 18h22
geral

Considerado um dos homens mais astutos da indústria do automóvel nos Estados Undos, Jim Lentz é o CEO da Toyota naquele país e também um homem otimista com o futuro dos carros nos Estados Unidos. Para ele, bons motivos não faltam para achar que a pior crise desde os anos 1930 está ficando para trás.

“A economia americana cresceu 2% no terceiro quadrimestre de 2012, o desemprego está caindo e a confiança dos consumidores voltou a aumentar”, disse Lentz, disse o executivo durante o Salão de Los Angeles. Segundo suas previsões, cerca de 14,3 milhões de carros deverão ser vendidos nos EUA este ano, o que representaria um aumento de 1,5 milhão de veículos na comparação com 2011. “Com estas boas notícias, a indústria automotiva americana está voltando aos tempos de alta.”

Ainda segundo Lentz, muitos analistas apostam que as vendas poderão voltar à marca de 16 milhões de automóveis em poucos anos. A principal razão é a média de idade da frota americana, de onze anos, em média. “As condições estão ótimas para comprar carros 0km, com taxas baixas e novas opções novas como os sistemas de carros compartilhados”. Além da quantidade, ele destaca a eficiência dos veículos. “Os carros estão cada vez mais limpos e eficientes no consumo de combustíveis, com sistemas de reconhecimento de voz e conectados como nunca.”

Publicidade