Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

VW Polo continua ‘na moda’ mesmo usado, mas acabamento incomoda os donos

Hatch compacto ainda é atual, mas acabamento simples e com muito plástico duro tornam a sexta geração do Polo muito barulhenta

Por Alexandre Ule Ramos Atualizado em 9 Maio 2022, 10h18 - Publicado em 9 Maio 2022, 10h17

O Polo foi lançado no Brasil em maio de 2002, como modelo 2003, na quarta geração (nesse caso não estamos considerando o Polo Classic, que veio da Argentina em 1997). Deixou de ser produzido em fins de 2014, para voltar em setembro de 2017, já como modelo 2018, na sexta geração, usando a nova plataforma da VW, MQB (Modularer Querbaukasten, ou Matriz Modular Transversal).

Assine a Quatro Rodas a partir de R$ 9,90

Quando surgiu nessa nova roupagem, era um carro totalmente novo e permanece em linha até hoje, prestes a receber um facelift. As versões eram a Polo, MSI, Comfortline e Highline. Todas com ar-condicionado, direção elétrica, vidros elétricos nas quatro portas e ABS.

A de entrada tem motor três-cilindros 1.0 de 84 cv. É bem simples e seu desempenho é limitado, mas é uma boa porta de entrada a tudo que o Polo oferece e por um preço interessante: unidades 2021 são encontradas por R$ 65.000, quando um Gol 0km custa R$ 74.000. 

A MSI vinha equipada com motor 1.6 de EA211 de 117 cv. A Comfortline 200 TSI automática de seis marchas, com motor 1.0 de 128 cv. E a Highline 200 TSI trazia a mesma motorização, mas um pacote bem mais generoso de itens de série, como faróis com led na luz diurna, faróis de neblina com função de curva, rebatimento no encosto dianteiro, além do pacote High Tech opcional, com multimídia, faróis com ajuste de altura, sensor de estacionamento e câmera de ré, comandos de voz, retrovisor interno fotocrômico e sensores de chuva, fadiga e pressão dos pneus.

Não podemos esquecer da série especial Beats, de agosto de 2018, com amplificador, subwoofer e detalhes exclusivos, disponível nas versões Comfortline e Highline. E do mais interessante ainda Polo GTS, equipado com motor 1.4 de 150 cv, câmbio de seis marchas automático, lançado em janeiro de 2020.

Polo

Mesmo sendo um carro mais moderno que o anterior, houve perdas nessa nova geração, notada pelos mais exigentes, como alças no teto, ausência de maçaneta na tampa do porta-malas e de luz traseira de neblina, o fog lamp, o acabamento era bem mais simples e com menos sofisticação, quando comparado ao antigo Polo, com extenso uso de plásticos rígidos e pouco texturizados. E, nos carros equipados com painel digital, este não exibia mapas de aplicativos.

O Polo não é um carro com graves problemas crônicos e a maior parte deles se refere aos veículos de produções iniciais. Fazem parte desse leque ruídos internos (de acabamento) e dos freios, por exemplo, como se pode ver na página ao lado. A maior parte das críticas se refere ao projeto, como versões de entrada pobres demais pelo preço cobrado, espaço traseiro pequeno ou excesso de ruídos internos, por causa dos já citados plásticos rígidos.

Polo Traseira

Defeitos mais comuns do VW Polo

Aviso falso de falha na boia – Uma mensagem no painel indica falha na boia do tanque de combustível. Isso ocorre por causa de mau funcionamento do sensor, que deve ser trocado.

Ruídos internos – São frequentes, intensos, variados e em diversas partes do carro, devido aos materiais e à própria montagem. Para resolver, só com uso de revestimentos extras e reaperto de componentes.

Faróis embaçados – Falhas nas vedações dos faróis fazem com que a água entre e, com o aquecimento das lâmpadas quando acessas, evapore e embace os faróis.

Infiltração de água – Há casos de entrada de água no interior do veículo, aparecendo principalmente na parte traseira do assoalho. A maior ocorrência está em carros fabricados entre 2018 e 2020.

Reservatório de expansão – Vazamentos nos reservatórios de expansão de vários veículos motivou a fábrica a editar um boletim de serviço para as concessionárias. A troca desse reservatório é a solução, mas se não for tratado com cuidado, ou não observado, esse defeito pode levar à quebra do motor, por aquecimento excessivo.

A voz do dono

Nome: Selma Bianchi Romano
Idade: 38 anos
Profissão: administradora de empresas
Cidade: Rio de Janeiro (RJ)

Continua após a publicidade

O que eu adoro:

“O carro está com quase três anos e ainda é atual. Gosto muito das linhas da carroceria. Anda bem e é econômico. Cabe em qualquer vaga. Me sinto segura nele. O sensor de pneus já foi bem útil para mim.”

O que eu odeio:

“Ah, essa é fácil: os barulhos! Desde zero-quilômetro. As portas rangem, o painel também, até mesmo a tampa do porta-luvas tem um nhec-nhec que me irrita. O tampão traseiro eu tirei, pois cansei de tentar calçá-lo.

Preço médio dos VW Polo usados (KBB Brasil)

Tabela Usados VW Polo
Reprodução/Quatro Rodas

Preço das peças do VW Polo

Peças VW Polo
Reprodução/Quatro Rodas

Ficha Técnica VW Polo 1.0 TSI

  • Motor: flex, diant., transv., 3 cil., 12V, injeção direta, 999 cm³, 74,5 x 76,4 mm, 128/116 cv a 5.500 rpm, 20,4 mkgf de 2.000 a 3.500 rpm
  • Câmbio: automático, 6 marchas, tração dianteira
  • Direção: elétrica, 11 m (diâmetro de giro)
  • Suspensão: McPherson (diant.), eixo de torção (tras.)
  • Freios: discos ventilados (diant.) e sólidos (tras.)
  • Pneus: 185/65 R15
  • Peso: 1.147 kg
  • Peso/potência: 8,96/8,89 kg/cv
  • Peso/torque: 56,2 kg/mkgf
  • Dimensões: comprimento, 405,7 cm; largura, 175,1 cm; altura, 146,8 cm; entre-eixos, 256,5 cm; porta-malas, 300 l, tanque de combustível, 52 l

Equipamentos de série: ar-condicionado digital, central multimídia, 3 USB, faróis de neblina direcionais, sensor de estacionamento, controle de tração, controle freio motor, bloqueio diferencial, 4 airbags, ESP, Isofix, assistente partida em rampas.

Compartilhe essa matéria via:

Teste Quatro Rodas – VW Polo 1.0 TSI

Aceleração
0 a 100 km/h: 10,6 s
0 a 1.000 m: 32,1 s – 162,2 km/h

Velocidade máxima*: 192 km/h

Retomadas
D 40 a 80 km/h: 4,7 s
D 60 a 100 km/h: 5,9 s
D 80 a 120 km/h: 7,4 s

Frenagens
60/80/120 km/h a 0: 15,6/27,7/61,9 m

Consumo
Urbano: 12,1 km/l
Rodoviário: 16 km/l

Ruído interno
Neutro/RPM máx.: 39,3/68,4 dBA
80/120 km/h: 61,7/66,9 dBA

Aferição
Velocidade real a 100 km/h: 95 km/h
Rotação do motor a 100 km/h em Drive: 1.900 rpm
Volante: 3 voltas

Nós Dissemos – Setembro de 2017

QR_700_POLO
Reprodução/Quatro Rodas

 “Assim como o Argo, o Polo também é maior do que o HB20, acomodando cinco adultos com mais conforto. O painel horizontal é menos encorpado que o do Argo, dá uma sensação de maior espaço para o motorista. No acabamento, os três hatches são equivalentes, com plástico duro nas partes superiores.”

Pense também em um Honda Fit

Honda FIt
Divulgação/Quatro Rodas

De 2019 em diante todos vão ter luz diurna de led. Todas as versões têm direção elétrica, ar-condicionado, airbag e ABS com válvula EBD. O porta-malas é bem razoável para um carro desse tamanho, com 363 litros de capacidade e a enorme quantidade de possibilidades nas configurações dos bancos faz com que ele seja um verdadeiro furgãozinho de carga.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue lendo, sem pisar no freio. Assine a QR.

Impressa + Digital

Plano completo da QUATRO RODAS! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

Receba mensalmente a QUATRO RODAS impressa mais acesso imediato às edições digitais no App QUATRO RODAS, para celular e tablet.

a partir de R$ 14,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

App QUATRO RODAS para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês