Superaquecimento no câmbio do Lancer

Donos do Mitsubishi relatam problemas relacionados ao CVT

auto-defesa auto-defesa

auto-defesa (/)

Reconhecido pela robustez e vitórias conquistadas nos campeonatos de rali, o Mitsubishi Lancer tem recebido reclamações quanto à capacidade de seu câmbio CVT de enfrentar as condições de rodagem brasileiras. Alguns proprietários do sedã alegam que o sistema sofre com ruídos e falhas de funcionamento provocados por superaquecimento do equipamento.

“Descobri em fóruns na internet que o CVT do Lancer tem problema crônico de ruídos por não vir equipado com o radiador de óleo para o câmbio. O chamado kit de tropicalização que existe em outros países foi retirado quando o carro veio para o Brasil. Assim, o fluido do câmbio aquece e ocorrem falhas como os ruídos e mau funcionamento”, diz Heubert Costa, de São Paulo (SP), dono de um Lancer GT 2012. “Por causa disso, já tive de parar no acostamento para esperar o câmbio esfriar.”

Outra consequência do superaquecimento é a perda de potência do motor, como relata o servidor público Rafael de Oliveira Salgado, de Niterói (RJ). “O problema no meu Lancer GT 2012 começou aos 5 000 km, quando percebi o forte ruído vindo do motor, além da perda de potência quando reduzia as marchas. Descobri depois que o defeito na maioria das vezes é solucionado com a instalação do chamado kit de tropicalização, composto por um radiador do fluido de câmbio”, afirma Rafael.

Consultamos três concessionárias, em Salvador, Fortaleza e Rio de Janeiro, e todas confirmaram a existência do kit de tropicalização. Elas explicaram que as peças são instaladas em garantia após a solicitação pelo serviço de atendimento ao consumidor da empresa, mas apenas nos veículos que apresentam ruídos ou que superaquecem. Antes de a fábrica enviar o kit, no entanto, é necessária uma análise do caso, que demora de dois a três dias, feita em uma autorizada. Caso o cliente queira instalar por conta própria ou após o fim da garantia, o custo é de aproximadamente 4 500 reais, já com a mão de obra – só o valor das peças é de 3 100 reais.

O POVO RECLAMA

“Com 2 500 km, meu carro apresentava um barulho de sirene após 20 minutos na rodovia. O problema foi parcialmente resolvido após instalarem o kit de tropicalização, mas o barulho continua.”

Fernando Diniz, analista de sistemas, Jundiaí (SP)

“Meu carro apresentou superaquecimento dos 6 000 até os 35 000 km, quando a concessionária colocou o kit de tropicalização.”

Rafael Polido Gallan, ortodontista, Vitória da Conquista (BA)

RESPOSTA

A Mitsubishi diz que “analisou cada uma das reclamações apontadas pela QUATRO RODAS para prestar um atendimento específico para cada cliente. Em todos os casos, as reivindicações foram solucionadas.”

CONTE-NOS SEU PROBLEMA

Seu carro tem algum defeito de fabricação ou de projeto que o deixa irritado? Ouviu falar de problema que mereça um recall? Passou por uma situação em que seus direitos de consumidor foram violados? Então escreva para nós: 4rodas.abril@abril.com.br

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s