Clique e assine por apenas 8,90/mês

O que é um turbocompressor de baixa inércia?

Ela consegue ser mais eficiente em baixas rotações que uma turbina comum. Entenda por que

Por Da Redação - Atualizado em 24 jun 2018, 02h07 - Publicado em 16 dez 2016, 16h52
Detalhe em corte da turbina de baixa inércia do motor 1.0 EcoBoost da Ford
Detalhe em corte da turbina de baixa inércia do motor 1.0 EcoBoost da Ford Divulgação

O que é uma turbina de baixa inércia? – Arthur Meque, S. Bernardo do Campo (SP).

A turbina de baixa inércia garante torque elevado mesmo em baixa rotação e foi desenvolvida especialmente para os motores menores, com o objetivo de extrair maior desempenho com um menor consumo de combustível.

Ao contrário dos turbos convencionais, que atuam a partir de uma rotação elevada do motor para forçar uma maior entrada da mistura ar/combustível na câmara de combustão, os de baixa inércia utilizam uma turbina menor, que é mais eficiente quando atua em baixas rotações.

Nessas turbinas compactas, o ar mais frio coletado, por ser mais denso, ocupa menos espaço e por isso pode ser enviado em maior massa para dentro dos cilindros, melhorando o rendimento volumétrico.

Essa tecnologia está cada vez mais presente na atual onda do downsizing, que substitui grandes motores V8, V6 ou quatro cilindros em linha por outros mais compactos, com quatro e três cilindros em linha.

Um exemplo disso são os motores 1.0 tricilíndrico turbo da família EcoBoost (Ford), Kappa (Hyundai) e TSI (Volkswagen).

Continua após a publicidade
Publicidade