Assine QUATRO RODAS por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Marcas apostam em mimos para reverter imagem ruim em pós-venda

Fluidos grátis, carro reserva, reparo sem pagamento, revisão no aeroporto: marcas investem em serviços diferenciados para cativar o cliente

Por Rodrigo Mora
Atualizado em 8 ago 2021, 12h49 - Publicado em 30 ago 2019, 07h00

ilustra

Quando uma montadora leva sua mais alta hierarquia à televisão, fica difícil não dar crédito.

Foi assim com André Beer, que em 1994 era vice-presidente da GM e pedia publicamente que os consumidores não se precipitassem ao comprar o recém-lançado Corsa. Tal era a demanda pelo modelo, que as concessionárias cobravam ágio.

Depois foi a vez de Antonio Maciel Neto, presidente da Ford entre 1999 e 2006, que no início dos anos 2000 aparecia numa campanha em que o comprador era desafiado a dirigir um carro da marca e se, mesmo assim, decidisse pelo da concorrência, embolsava R$ 100.

Recentemente, quem deu a cara a tapa foi a diretora-geral da PSA no Brasil: “A partir de agora, cliente que não estiver satisfeito com o serviço não paga”, cravava Ana Theresa Borsari no comercial em que a Peugeot (nas entrelinhas) assumia erros do passado e prometia entregar ao público a nova percepção da marca.

Continua após a publicidade

A promessa faz parte do Peugeot Total Care, que inclui outros nove compromissos, como entrega do veículo em até 24 horas para revisões agendadas, revisões a preço fixo, ou apresentação das peças substituídas.

Alvo da mesma falta de confiança, a Citroën garante que mudou e quer reconquistar o consumidor com a campanha Citroën & Você – lembrando que ela é do Grupo PSA.

Outra francesa esforçada no pós-venda é a Renault. As peças extrarrevisão têm preço tabelado, e no site da marca é possível calcular o preço da revisão conforme modelo e ano.

Vale até para modelos já fora de catálogo: se você for o proprietário de um Fluence 2.0 16V 2011 com 50.000 km, saberá que o valor do serviço será R$ 465,67. No caso de um Scénic 2010, a conta sobe para R$ 1.273,82.

Continua após a publicidade

O mesmo faz a Volvo: basta entrar no site da marca, selecionar o carro e se planejar.

Um XC60 a diesel da antiga geração com 50.000 km terá filtro de óleo e junta trocados, que custarão (além de 5,9 litros de óleo repostos) ao cliente R$ 949. Depois, com 60.000 km, a conta salta para R$ 3.499, pois são mais serviços realizados.

Se outrora as chinesas não inspiravam confiança no pós-venda, agora começam a entender que o cliente busca segurança.

A Caoa Chery acaba de anunciar uma parceria com a Allianz Partners Brasil, que garantirá a novos clientes serviços de atendimento e assistência por 24 horas grátis.

Continua após a publicidade

A gentileza inclui socorro mecânico (para partida de bateria ou chaves), reboque (em caso de pane e acidente), e um carro reserva enquanto o veículo é reparado, caso o conserto demore mais do que dois dias.

Quem tem o dia a dia atribulado sabe que deixar o carro na revisão toma um bom tempo.

Por isso, a BMW criou o Via Rápida, que, numa parada de 90 minutos, promete fazer o básico: trocas de fluidos, pastilhas dos freios, filtros e palhetas do para-brisa.

Se estiver com muita pressa, o cliente dispensa a lavagem e pega o carro em uma hora. Pena que só dez concessionárias da marca oferecem o serviço.

Continua após a publicidade

A Audi também entende que certos clientes têm mais pressa. Além do Service Express (igualmente limitado a poucas autorizadas), a marca aproveita as viagens de avião de seus clientes para fazer revisões, troca de pastilhas de freio e filtros dentro do estacionamento do aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo.

Mas entre tantos bons exemplos, há marcas que destoam do comportamento geral. A Honda, por exemplo, até hoje não tem em seu site os preços tabelados das revisões até os 60.000 km, como é o padrão atual do mercado.

Já a Volkswagen regionaliza os preços e não inclui alguns itens importantes nas revisões, como o filtro de ar do motor. Ou seja, apesar da troca ser preconizada a cada 30.000 km ou dois anos, é preciso pagar à parte quando for substituído.

As boas práticas do mercado

Peugeot

Continua após a publicidade
  • O cliente não precisa pagar se não estiver satisfeito com o serviço
  • Em revisões agendadas, o veículo é entregue em até 24h, caso contrário, o consumidor não precisa mais pagar
  • O valor do orçamento é garantido, senão a Peugeot paga a diferença
  • Todas as peças trocadas serão apresentadas no momento da entrega
  • Todos os veículos serão entregues no horário combinado e já lavados depois da revisão
  • Há serviço de reboque gratuito, 24h por dia, durante oito anos, em casos de pane ou oficina
  • Transparência nos preços das revisões: a marca garante cumprir todos os valores que ela divulgar
  • A Peugeot empresta outro veículo da marca até o reparo ser finalizado nos casos em que o conserto ultrapasse mais de quatro dias, mesmo se o carro estiver fora da garantia

Citroën

  • Serviços de revisões agendadas serão entregues no mesmo dia
  • Todo veículo Citroën tem checagem e abastecimento de fluidos gratuitamente na rede autorizada, válido para óleo lubrificante do motor (até 1 litro), fluido de freio, líquido de arrefecimento do motor e líquido do limpador de para-brisa 
  • Calibragem e rodízio de pneus gratuitos em toda a rede Citroën
  • Sobre cada revisão realizada, o cliente ganha 10% do valor gasto na compra de peças ou serviços na rede Citroën
  • Todo Citroën fora do período de garantia tem descontos progressivos na mão de obra e nas peças
  • A Citroën empresta outro veículo da marca até o reparo ser finalizado nos casos em que o conserto ultrapasse mais de quatro dias, mesmo se o carro estiver fora da garantia.
  • Oito anos de reboque gratuito, em casos de pane ou colisão
  • Citroën Advisor: projeto em que os consumidores compartilham suas opiniões sobre os veículos e as autorizadas da marca

Renault

  • Um ano de garantia para todas as peças trocadas
  • Peças e revisões tabeladas até para os veículos fora de linha
  • Diagnóstico eletrônico Renault e verificação grátis de 40 itens do automóvel, como freios, filtros, velas, óleo, pneus, entre outros

Audi

O Airport Service funciona apenas no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, onde o cliente deixa o carro enquanto está viajando. A oficina cobra os mesmos preços da autorizada comum e dispõe dos seguintes serviços:

  • Lavagem ecológica
  • Troca de óleo e filtros
  • Revisões programadas
  • Verificação/troca de pastilhas de freio
  • Pequenos reparos
  • Venda de acessórios homologados pela fábrica
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.