Freios de Journey/ Freemont

Donos de Dodge Journey e Fiat Freemont reclamam de vibração que nem a troca dos discos de freio resolve

auto-defesa auto-defesa

auto-defesa (/)

Usar a mesma plataforma em automóveis de marcas diferentes oferece a grande vantagem de reduzir custos, mas esconde um risco: na hipótese de um defeito de fabricação ou projeto, ele será compartilhados por ambos. É a situação de Dodge Journey e Fiat Freemont, que enfrentam reclamações de excesso de vibração nos freios, o que obriga a substituir o conjunto.

É o caso do dentista Adriano Pereira, de Curitiba (PR). “No meu Freemont 2012, os freios trepidam independentemente da velocidade do carro e da pressão no pedal”, afirma Adriano. “Trocaram todo o sistema na dianteira e fizeram um polimento nos discos traseiros. Não adiantou. Substituíram de novo e a falha apareceu pela terceira vez.”

Proprietário de um Journey SXT 2012, o empresário José Carlos da Silva Lopes, de São Paulo (SP), relata que com 19 000 km os freios começaram a vibrar. “Aos 24 000 km, precisaram retificar os discos e trocar as pastilhas”, diz José Carlos. “Quando relatei os inúmeros casos semelhantes que achei na internet, a autorizada disse que a fábrica alegou desgaste natural. Mas vi nos fóruns de discussão que a marca tem feito acordos individuais em troca de os donos não relatarem o problema.”

Vale lembrar que a Dodge já convocou um recall por vibração nos freios dos Journey 2009 e 2010, porém o problema tem afetado modelos 2011 e 2012 e até persistido nas unidades que passaram pelo recall, mesmo após a troca dos discos por duas vezes. O defeito se estende também ao Freemont, que só foi lançado pela Fiat em 2011.

Consultamos ainda nove autorizadas Dodge e Fiat, em São Paulo e no Rio de Janeiro, e todas disseram conhecer a falha. Uma delas disse que a substituição dos discos não resolve o problema de trepidação. “Não adianta. Tenho clientes que voltaram mais de três vezes para trocar os discos”, diz um atendente de uma autorizada Dodge no Rio.

O POVO RECLAMA

“Com 32 000 km, já troquei os discos e pastilhas duas vezes. Agora trocarei de novo, porque direção e pedal de freio estão vibrando outra vez.”

Paulo Henrique Dietrich Junior, Rio de Janeiro (RJ), dono de um Journey 2010

“Quando viajo com meu carro e piso no freio, sinto a direção vibrar. Percebo esse problema desde os 13 000 km.”

Marcelo Luis Thomé, Caxias do Sul (RS), dono de um Freemont 2012

RESPOSTA

A Dodge diz que está contactando os donos ouvidos pela reportagem “para verificar os serviços realizados por sua rede de concessionárias, providenciando, se necessário, as intervenções orientadas”. Já a Fiat afirma que os veículos foram “atendidos e devolvidos ao consumidor em perfeitas condições de uso”.

CONTE-NOS SEU PROBLEMA

Seu carro tem algum defeito de fabricação ou de projeto que o deixa irritado? Ouviu falar de problema que mereça um recall? Passou por uma situação em que seus direitos de consumidor foram violados? Então escreva para nós: 4rodas.abril@abril.com.br

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s