Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Donos de Edge e Fusion sofrem com água no motor. Ford sabia do problema

Entrada de água no motor afeta um lote de motores de Edge e Fusion em todo o mundo e, sabendo do problema, Ford ainda cobrou clientes

Por Waldez Amorim Atualizado em 20 dez 2021, 19h21 - Publicado em 20 dez 2021, 12h05

São inúmeros os benefícios ao utilizar o mesmo motor em vários modelos vendidos em diferentes partes do mundo, como ocorre com propulsor 2.0 EcoBoost de 248 cavalos, utilizado no Brasil pelo Edge, Fusion, Bronco Sport e, futuramente, a nova Maverick.

Black Friday! Assine a Quatro Rodas a partir de R$ 6,90

Mas no caso do lote 910, identificado por uma etiqueta localizada próximo ao reservatório do líquido de arrefecimento, na lateral da tampa do cabeçote do motor, o problema é que os veículos fundem o 2.0 com quilometragens variadas — problema corrente no Brasil e no mundo. Ou seja, a falha pode ocorrer com veículos pouco ou muito rodados, como revela os membros do grupo de WhatsApp com mais de 50 participantes que relatam problemas com o motor. 

Entre os proprietários está o engenheiro e administrador de empresas Marcelo Roberto de Araújo, de Ponta Grossa (PR), dono de um Fusion SEL 2.0 EcoBoost 2018. “Percebi a falha ao notar uma fumaça branca que saía do escapamento, seguida da perda de potência do veículo com redução no nível do líquido de arrefecimento presente no reservatório. 

Marcelo Araújo foi cobrado R$ 20.000 pela troca do motor de seu Fusion:
Marcelo Araújo foi cobrado R$ 32.000 pela troca do motor de seu Fusion: “não deram justificativa” Marcelo Araújo/Quatro Rodas

Na concessionária me apresentaram o orçamento de R$ 32 mil pela substituição completa do motor sem nenhuma justificativa,” conta Marcelo. Não obter uma solução por parte das concessionárias é comum, como relata o representante comercial Nadjamy Amarante, de João Pessoa (PB), dono de um Fusion Titanium 2.0 EcoBoost 2017. “Meu carro está parado na concessionária desde o dia 11 de novembro e preciso dele para trabalhar. Simplesmente pedem para esperar mas não me dizem nada do que está acontecendo,” conta Nadjamy. 

Traseira perdeu o friso cromado que ligava as duas lanternas
Fusion é o principal afetado pelo problema no Brasil Divulgação/Ford

Na rede de concessionárias Ford o problema é conhecido, como revela o Boletim Técnico de Serviço 20-2066, distribuído para as concessionárias brasileiras em 10 de junho do ano passado e em 19 de dezembro de 2019 para as concessionárias norte-americanas.

Compartilhe essa matéria via:
Continua após a publicidade

No informativo, a montadora alerta para o problema que “alguns veículos Edge 2015-2018 e Fusion/Escape/Kuga 2017-2019, equipados com motor 2.0L EcoBoost, podem apresentar baixo nível de líquido de arrefecimento, fumaça branca pelo escape e/ou condição de funcionamento irregular com ou sem luz de advertência de mau funcionamento (MIL) acesa”. 

Como solução para a falha, recomenda-se seguir “as etapas do procedimento de serviço para substituir o conjunto do motor completo”, diz o boletim. Para entender a causa do problema, consultamos o engenheiro mecânico, mecatrônico e perito judicial André Antônio Dantas, de São Paulo (SP), que alerta para a falha de fabricação.

Identificação do lote 910, alvo do problema ao redor do mundo
Identificação do lote 910, alvo do problema ao redor do mundo Marcelo Araújo/Quatro Rodas

O problema com os motores Ecoboost do lote 910 são de falhas de fabricação, uma vez que há a mesma reclamação em todos os mercados onde é comercializado. Até onde se observam os relatos, houve uma modificação nos canais de arrefecimento do bloco situados entre os cilindros, o que deixou as paredes frágeis, gerando trincas e permitindo que o fluido de arrefecimento vaze para dentro dos cilindros, causando falhas de funcionamento e de arrefecimento que podem levar à quebra do motor,” explica André.

Danos na junta do cabeçote são os prováveis culpados da entrada de água no cilindro
Danos no bloco do motor são os prováveis culpados da entrada de água no cilindro Marcelo Araújo/Quatro Rodas

Questionada sobre a falha, a Ford disse que, após análise de cada um dos casos, haverá contato com os proprietários em busca de solução. Resposta da Ford na íntegra:

“Após a análise de cada caso, identificamos os chassis correspondentes. Nosso time de pós-vendas entrará em contato com os clientes para solução do tema.”

O povo reclama

“Após voltar de uma viagem percebi o carro soltando muita fumaça pelo escapamento e com a luz da injeção acesa. Ao levar o carro para a concessionária me passaram o diagnóstico da água do arrefecimento no segundo cilindro e que seria necessário a troca do conjunto completo do motor”. Edinei Pereira, empresário, Curitiba (PR), dono de um Fusion Titanium 2.0 EcoBoost 2017.

“A água do líquido de arrefecimento estava sumindo e quando o motor estava frio eu percebia uma grande quantidade de fumaça branca saindo pelo escapamento. Ao apresentar todas as evidências do problema encontrado no lote 910, eles decidiram trocar o motor. No total, fiquei 40 dias sem carro para o problema ser resolvido. ”Maurício Souza da Silva, médico, Rio de Janeiro (RJ), dono de um Fusion Titanium 2.0 EcoBoost 2018.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

capa
A edição 752 de QUATRO RODAS já está nas bancas! arte/Quatro Rodas
Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue lendo, sem pisar no freio. Assine a QR.

Impressa + Digital

Plano completo da QUATRO RODAS! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

Receba mensalmente a QUATRO RODAS impressa mais acesso imediato às edições digitais no App QUATRO RODAS, para celular e tablet.

a partir de R$ 14,90/mês

ou

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

App QUATRO RODAS para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês