Clique e assine por apenas 8,90/mês

Correio Técnico: por que alguns carros aceleram ao pisarmos na embreagem?

Comportamento pode ser causado por motivos técnicos, táticas eletrônicas ou mesmo falhas mecânicas

Por Rodrigo Ribeiro - 28 out 2019, 07h00
Alguns modelos aceleram sozinho ao acionar a embreagem para simular o punta taco Fernando Pires/Quatro Rodas

Por que alguns carros aumentam de rotação quando a embreagem é acionada? – Fernanda Garcia, Cruzeiro (SP)

Por diferentes motivos, porém o mais comum é para facilitar a vida do motorista. Muitos carros, quando parados, aceleram levemente o motor ao ser acionada a embreagem, para facilitar a saída em primeira marcha.

A assistência também pode ocorrer durante a condução, mantendo o motor na mesma rotação por um curto período de tempo durante a troca de marcha.

Mas, se essa aceleração começar a ocorrer repentinamente, ela pode ter ligação com algum problema mecânico, como falha no sensor de marcha lenta.

Continua após a publicidade

É importante não confundir isso com o assistente para redução de marcha, recurso que executa o punta-tacco sozinho em esportivos como o Nissan 370Z e o Honda Civic Type R.

Me esquenta

Outra circunstância que pode fazer com que o carro acelere sozinho é quando o motor é ligado estando frio.

Para agilizar o processo de aquecimento do conjunto, a injeção eletrônica eleva a marcha lenta por alguns minutos. A variação pode ser de quase 100%, dependendo do modelo e do mercado onde é vendido.

Alguns carros também pode elevar a rotação quando o ar-condicionado é ligado ou até mesmo quando o farol alto é acionado. Como a demanda por eletricidade tem um aumento repentino, o giro do motor é alterado para permitir que o alternador gere mais energia.

Continua após a publicidade

Tem outras dúvidas? Envie sua pergunta para correiotecnico@abril.com.br!

Publicidade