Clique e assine com até 75% de desconto

Correio técnico: pneus normais exigem cuidado especial no frio extremo?

A baixa frequência de temperaturas abaixo de zero eliminam a necessidade de compostos especiais no Brasil

Por Rodrigo Ribeiro 25 mar 2019, 07h00
Os pneus para inverno são feitos especificamente para temperaturas baixas Divulgação/Land Rover

No Brasil, o clima mais ameno não exige o uso dos pneus de inverno. Mas que cuidados os motoristas brasileiros devem ter com os pneus convencionais em temperaturas negativas? – Carlos Bonandim, Brasília (DF)

Basicamente os mesmos que devem ser tomados em qualquer outro clima. Isso inclui a verificação constante do desgaste, manter o carro sempre alinhado e balanceado e fazer a checagem da pressão dos pneus (a frio) toda semana.

Ao contrário dos pneus de verão, como os nossos, os do tipo “toda estação” e de inverno possuem uma banda desenhada para oferecer mais tração em pisos de baixa aderência, sobretudo em neve ou gelo, além de uma borracha projetada para tolerar melhor temperaturas negativas.

“Se colocássemos um pneu de neve para rodar no Brasil, o desgaste seria prematuro, pois os nossos invernos, por mais rigorosos que sejam, acabam recebendo uma forte incidência de calor durante o dia”, explica Felipe Zacarias, piloto de testes da Goodyear.

  • Além disso, em países onde o pneu de inverno é obrigatório, os motoristas precisam arcar com o custo da mudança e ainda ter um espaço adequado para armazenar as unidades que não estão em uso.

    Continua após a publicidade
    Publicidade