Como a Lamborghini planeja eliminar a maior limitação de um carro elétrico

Novas tecnologias: em parceria com o MIT, marca italiana aposta em supercapacitores para vencer limitações das baterias dos elétricos

Lamborghini Terzo Millennio, a base da nova geração do Aventador

Lamborghini Terzo Millennio, a base da nova geração do Aventador (Divulgação/Lamborghini)

As baterias dos carros elétricos evoluíram bastante, mas ainda têm limitações (custo, autonomia, vida útil e reciclagem).

Por isso, existe na indústria quem pense em substituí-las por supercapacitores, dispositivos que têm potencial de armazenar energia com vantagens sobre as baterias.

Supercapacitores carregam em segundos (em vez de horas), suportam temperaturas altíssimas (que afetam o desempenho e a vida útil das baterias), cumprem infinitos ciclos de carga e descarga e sua degradação é extremamente lenta (superando a duração das baterias).

Sua única desvantagem está justamente na capacidade de armazenamento. Mas o rendimento depende muito dos materiais de que são fabricados.

Os especialistas acreditam que isso pode ser resolvido com o uso do grafeno, um dos melhores condutores de eletricidade de que se tem conhecimento.

Existem diversos estudos nesse sentido e um deles está sendo tocado desde 2017 por ninguém menos que a fabricante italiana Lamborghini em parceria com o prestigiado MIT (Massachusetts Institute of Technology).

Conheça os detalhes desse projeto.

  • O Aventador será inspirado no conceito Terzo Millennio, apresentado em 2017.
  • O grafeno é um dos materiais mais duros que se conhece, mais finos (espessura atômica) e também um dos melhores condutores de eletricidade e de calor.
  • Com uma estrutura fina como papel com película de grafeno e nanotubos de carbono, é possível construir um supercapacitor de maior volume por área e maior capacidade de armazenamento.
  • O Lamborghini deverá ser o primeiro superesportivo híbrido com supercapacitores no lugar das baterias.
  • O grafeno é uma das formas cristalinas do carbono, assim como o grafite e o diamante.
  • O novo Aventador ainda não tem data oficial para lançamento, mas poderá ser apresentado em setembro deste ano, no Salão de Frankfurt.
  • A potência combinada deve superar os 800 cv.
  • Uma das arquiteturas prováveis para o futuro Aventador é a combinação do V12 6.5 tracionando as rodas do eixo traseiro com um motor elétrico no eixo dianteiro.
Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s