A pegadinha do IPI

Com o aumento do imposto, lojas vão apelar para o discurso do aumento de preços para vender rápido. Não caia nessa

servicos servicos

servicos (/)

Para movimentar o mercado neste começo de ano, o maior apelo de vendas será dizer ao consumidor que ele deve comprar logo para aproveitar os últimos carros que ainda estão com o IPI antigo. Se é verdade que seu aumento será repassado ao comprador (na média, ele elevaria os preços em 4,5%), ele não será aplicado integralmente nem de modo tão rápido, segundo os especialistas. Na verdade, o que deve ocorrer é o aumento de tabela, mas com a prática de bons descontos – e preços até menores que os da tabela antiga.

A razão disso é simples: os pátios estão cheios. “No fim de dezembro, a Anfavea havia divulgado que as revendas tinham estoque de 24 dias”, diz Julian Semple, consultor sênior da Carcon Automotive. Na virada do ano, as vendas costumam ser ainda mais baixas que na média.

“Não vejo um repasse imediato ao consumidor. Vale ressaltar que o mercado hoje não está bom. Portanto, para motivar as vendas, haverá maiores descontos, por intermédio dos incentivos às vendas, concedidos pelas montadoras”, explica Milad Kalume Neto, gerente de desenvolvimento de negócios da Jato Dynamics do Brasil.

Semple concorda com o diagnóstico, lembrando que a concorrência está cada vez mais acirrada. Quem aumentar preços tem grandes chances de perder mercado. “Enquanto as vendas não devem crescer (ou subirão bem pouco), ainda teremos este ano três novas fábricas em operação: Chery e Honda, em São Paulo, e Fiat, em Pernambuco.”

É por isso que já se veem por aí descontos generosos, como descobrimos em alguns dos carros do comparativo de esportivos que é matéria de capa desta edição. O Audi A1 Ambition está na tabela atual por R$ 109 990, mas é vendido a R$ 99 000. O VW Fusca TSI é oferecido por R$ 97 000, enquanto o preço de fábrica é de R$ 101 300. Até modelos mais baratos e populares estão em oferta: o preço de fábrica do Chevrolet Onix LS é de R$ 39 190, mas na autorizada custa R$ 34 990, abaixo até da tabela antiga. É importante lembrar que esses são valores cotados numa simples consulta por telefone. Ao vivo, negociando com o vendedor e pesquisando em várias lojas, o preço é ainda menor. “O segredo é pesquisar, pesquisar mesmo. Tem de procurar no concorrente e trazer as propostas para a marca do carro que se deseja, para depois pechinchar”, diz Neto.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s