Com câmbio CVT, Lifan X60 vai aos R$ 77.900

SUV chinês tem novo design, acabamento melhor e entra na moda do câmbio CVT

Novos faróis e grade com barra mais larga marcam a reestilização do X60 (Divulgação/Lifan)

O Lifan X60 terá, enfim, opção de câmbio automático. A transmissão escolhida é do tipo CVT (continuamente variável).

Essa caixa estreia junto com novo design e interior repaginado nas próximas semanas.

O motor 1.8 16 VVT a gasolina, que gera 128 cv  (6.000 rpm) e 16,8 mkgf (4.200 rpm) continua como única opção, mas será combinado ao câmbio CVT que simula seis marchas mas não tem opção de trocas sequenciais.

Esse conjunto estará disponível apenas para a versão topo de linha VIP, por R$ 77.900. Com câmbio manual, esta versão custa hoje R$ 67.490.

Lanternas e para-choques mudam na linha 2018 (Divulgação/Lifan)

É um valor alto. O JAC T5 CVT, que tirou do X60 o título de chinês mais vendido do Brasil, custa R$ 73.490 – mesmo preço do Renault Duster Expression 1.6 CVT. A ser lançado na próxima semana, o Nissan Kicks S com câmbio CVT também custará menos de R$ 80 mil.

Painel recebe revestimento de couro sintético (Divulgação/Lifan)

Mas o Lifan X60 tentará se garantir com outras novidades. Ele tem nova grade frontal com barra horizontal grossa com o nome “Lifan” e novo para-choque frontal com luzes diurnas de led na parte inferior e faróis de neblina no meio.

Câmbio CVT não tem opção de trocas sequenciais (Divulgação)

Na lateral, novos retrovisores com repetidores de seta com leds e rodas aro 18″ marcam as mudanças. Atrás, além de novo para-choque, mudam as lanternas.

Quadro de instrumentos é novo (Divulgação/Lifan)

O painel foi modificado e ganhou forração de couro sintético, o que deixa a superfície com toque macio. O console central também é novo e, na versão Vip, exibe nova central multimídia com tela de 8″, que concentra GPS, Bluetooth, espelhamento de smartphone e informações do computador de bordo, além de exibir imagens da câmera de ré.

Modelo ganhou novas rodas de liga leve (Divulgação/Lifan)

A versão mais em conta, Talent com câmbio manual, custará R$ 67.990 (hoje sai por R$ 63.490). Ela tem sensor de estacionamento,  acendimento automático dos faróis, ajuste elétrico de altura dos faróis, dois airbags dianteiros, cintos de segurança retráteis e de três pontos para cinco passageiros e sistema ISOFIX.

Novo design foi mostrado no Salão do Automóvel, em novembro (Divulgação/Lifan)

A versão VIP soma, além do câmbio CVT e da central multimídia, teto solar, rodas maiores, de 18 polegadas, e detalhes de acabamento exclusivos.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Diego Ferreira De Souza

    Boa sorte pra quem for dar essa ” fortuna” num chinês.

  2. FRANCISCO RONDON

    Ué!? pensei que teria os mesmos ou até mais itens de conforto e de segurança que o Jac T5 CVT; mas não tem. O câmbio decepciona se comparado ao câmbio versátil do T5 CVT; as rodas de 18″ do Lifan vai deixá-lo mais imponente; porém não vai ganhar fácil da Jac não…