BMW revela protótipos do M3 que nunca foram produzidos

Acredite: o esportivo da marca bávara já teve duas versões picape, além de uma perua e um hatch

BMW M3 - protótipos

Picape, hatch e perua: BMW M3 para todos os gostos

A BMW celebra em 2016 os 30 anos de um de seus modelos mais emblemáticos já fabricados até hoje: o M3. Para comemorar, a marca resolveu divulgar uma série de informações sobre os protótipos de versões que nunca chegaram às ruas.

LEIA MAIS:

>> Clássicos: BMW M3 E30, o Santo Graal

>> Comparativo: BMW M3 x Mercedes-AMG C 63 S

>> Animação resume história do BMW Série 3 em 87 segundos

É o caso dos M3 com carrocerias em formato perua, hatch e picape. Confira fotos e curiosidades de cada uma delas.

BMW M3 E30 Pickup (1986)

BMW M3 E30 picape

BMW M3 E30 picape

A primeira geração do BMW M3 (E30) pode ser considerada uma das mais amadas pelos entusiastas. E foi esse o modelo escolhido pela divisão Motorsport para ser transformado em uma picape, partindo de um M3 conversível — já que ele tinha os reforços estruturais necessários.

Com visual aparentemente improvisado, a M3 picape recebeu uma caçamba com revestimento “chão de ônibus” e uma espécie de santantônio atrás da cabine.

BMW M3 E30 picape

BMW M3 E30 picape


BMW M3 E30 picape

BMW M3 E30 picape

Ao contrário do que se pode pensar, a M3 picape não foi feita para ser exposta em qualquer mostra automotiva, mas sim para transportar equipamentos e peças da divisão M da BMW. Isso sim é unir trabalho com diversão!

Equipado originalmente com o motor seis em linha 2.0 de 192 cv do M3 italiano, esse propulsor foi substituído pelo 2,3 litros de 200 cv do modelo alemão. A picape foi utilizada por 26 anos, sendo aposentada em 2012.

 

BMW M3 E36 Compact (1996)

BMW M3 E36 Compact

BMW M3 E36 Compact

O BMW M3 E36 foi o modelo que inaugurou outras carrocerias para o esportivo, indo além do cupê, com as versões sedã e conversível. Na esteira das variações, a BMW resolveu fazer um protótipo batizado de M3 Compact, com a carroceria hatchback, objetivando a criação de um modelo porta de entrada para a gama Motorsport.

BMW M3 E36 Compact

BMW M3 E36 Compact


BMW M3 E36 Compact

BMW M3 E36 Compact

Pesando 150 kg a menos que o cupê, o M3 Compact tinha um potencial enorme de diversão, já que debaixo do capô era mantido o mesmo motor seis em linha 3,2 litros de 325 cv do cupê. Segundo a própria BMW, o M3 Compact pode ser considerado o precursor do atual M2 – e um dos melhores hot hatches jamais fabricados.

 

BMW M3 E46 Touring (2000)

BMW M3 E46 Touring

BMW M3 E46 Touring

O Série 3 contou com versões de série das aclamadas station wagons, mas uma baseada no esportivo M3, nunca. A fabricante até testou a viabilidade de uma possível M3 Touring (baseada na geração E46), que infelizmente foi produzida apenas para experimentos na engenharia — diferentemente do protótipo do M3 Compact, que foi até cedido para testes aos jornalistas da época.

BMW M3 E46 Touring

BMW M3 E46 Touring


BMW M3 E46 Touring

BMW M3 E46 Touring

A bela M3 Touring contava com os mesmos para-lamas alargados e rodas do cupê, mas com a sedução incomparável das peruas. O motor seis cilindros de 3,2 litros e 348 cv de potência continuava lá. E pensar que, enquanto isso, a Audi foi enfileirando as RS Avant no imaginário dos entusiastas…

 

BMW M3 E92 Pickup (2011)

BMW M3 E92 picape

BMW M3 E92 picape

Não foi só em 1986 que a BMW fez uma versão picape do M3. Em 2011 a marca desenvolveu uma M3 baseada na geração E92, mas com o objetivo de brincar com o dia 1º de abril, disponibilizando até material de divulgação à imprensa naquele ano.

Como o protótipo anterior, a M3 picape de 2011 foi baseada numa versão conversível por conta dos reforços já existentes.

BMW M3 E92 picape

BMW M3 E92 picape


BMW M3 E92 picape

BMW M3 E92 picape

Foram até promovidos testes no circuito de Nürburgring com ela para ser flagrada pela imprensa especializada, fomentando mais ainda a especulação de uma versão de produção. O propulsor usado era o V8 4,0 litros de 426 cv que equipada a geração E92.

Assim como a de 1986, ela acabou sendo utilizada para transportar equipamentos dentro da fábrica, tendo como diferencial a homologação para poder rodar nas ruas.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s