Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Pequena área

Por Redação 13 fev 2013, 09h45

Por Péricles Malheiros

04 917 km

No fim de novembro, nosso EcoSport de Longa Duração ganhou sua primeira missão especial: servir de carro de apoio de QUATRO RODAS na cobertura do GP Brasil de Fórmula 1. Alguns dias depois, no início de dezembro, outra tarefa: dar suporte à equipe de fotografia nos deslocamentos necessários para registrar os carros usados e seminovos que ilustram a matéria de capa desta edição.

“O Eco tem o porta-malas pequeno, mas conseguimos nos virar com ele porque a equipe era de apenas duas pessoas e os equipamentos, mais portáteis, para facilitar a mobilidade dentro do autódromo”, diz Marco de Bari, repórter sênior de fotografia. Mas a situação foi diferente na segunda missão. Bari, três assistentes e enormes equipamentos de fotografia lotaram o porta-malas e a cabine do nosso Duster de Longa Duração, que assistiu ao ensaio dos carros usados nos dois primeiros dias. No terceiro, porém, o Duster foi encaminhado para a revisão dos 40 000 km e, para o seu lugar, foi destacado o Eco de Longa Duração. Na hora de arrumar a parafernália no porta-malas, a equipe teve que baixar o encosto do banco traseiro. “Conseguimos acomodar os equipamentos, mas precisamos de um segundo carro para transportar a equipe”, diz Bari.

Ao vencer a barreira dos 1000 km, nosso Ford passou por seu primeiro teste, no campo de provas de Limeira (SP). Lá, o SUV registrou números distintos dos da unidade cedida pela Ford na ocasião do lançamento, em agosto de 2012. A prova de aceleração de 0 a 100 km/h, por exemplo, foi cumprida pelo nosso EcoSport em 12,4 segundos, ante 11,7 segundos do carro da fábrica. Para piorar, nosso carro empatou na medição de consumo urbano (7,9 km/l) e perdeu na de consumo rodoviário (média de 9,8 km/l, ante 10,8 km/l).

Nosso Eco também levou a pior nas provas de frenagem (60/80/120 km/h a 0), com 17,5/30,1/72,6 metros. No de fábrica, 15,7/27,6/64,1 metros.

Continua após a publicidade

Consumo

No mês (36,2% na cidade): Etanol – 7,1 km/l

Desde dez/12 (36,2% na cidade): Etanol – 7,1 km/l

Na oficina, várias peças são marcadas: se a rede trocar uma e não avisar, nós descobriremos | Porta-malas curto obriga o rebatimento do banco ao transportar objetos longos.

 

Continua após a publicidade

Publicidade