Clique e Assine QAUTRO RODAS por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Novo Porsche Macan elétrico é mais potente e rápido que o V6 biturbo

Nova geração do SUV de luxo estreia com duas versões, já está em pré-venda no Brasil e conviverá com os modelos a combustão de primeira geração

Por Isadora Carvalho Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 7 jun 2024, 13h47 - Publicado em 23 abr 2024, 17h18

Dez anos após o lançamento do Macan, a Porsche apresenta a segunda geração do SUV que passa a ser sempre elétrico. Juntos ao novo capítulo estão dois títulos importantes: ele é o primeiro SUV elétrico da marca e o Macan mais potente da história.

O primeiro deles é justificado porque o Cayenne, o outro SUV da Porsche, é apenas eletrificado pois traz mecânica híbrida plug-in. E o segundo é muito bem defendido pela versão topo de linha, Turbo, que rende até 639 cv – a versão mais potente do atual Macan GTS, equipado com o aclamado motor V6 biturbo rende até 440 cv. 

QUATRO RODAS foi até Nice, no sul da França, para conferir o lançamento mundial do novo Porsche Macan, lançado em duas versões: 4 e Turbo. A de entrada rende até 408 cv e 66,3 kgfm com dois motores elétricos, um em cada eixo. A topo de linha, Turbo, também com um motor em cada eixo, traz um aumentode potência expressivo, chegando a 639 cv (com o launch control ativado) e 115 kgfm.

Porsche Macan Turbo

O que muda no Novo Porsche Macan?

A maior mudança visual está no conjunto óptico que é dividido em duas peças. A primeira, em destaque, concentra os DRLs em led que evidenciam os quatro pontos de assinatura de design encontrados em toda linha Porsche. 

Continua após a publicidade

No para-choque estão os faróis principais que são em led matriciais. Na mesma peça há a grade ativa que auxilia na aerodinâmica (ela abre e fecha conforme a aceleração ou desaceleração) e, somada a outros recursos, traz um coeficiente aerodinâmico de 0,25. Para efeito de comparação, um 911 Turbo S tem cerca de 0,29 – portanto, uma carroceria com aerodinâmica invejável.

Porsche Macan Turbo

O Macan traz pela primeira vez rodas aro 22 e, como todo Porsche, há sempre várias opções de rodas. Com o SUV de perfil é possível constatar que a linha de teto está mais pronunciada e isso faz com que o ar tenha ainda mais facilidade de passar, além de contribuis para um visual mais contemporâneo, com um “quê” de cupê.

As dimensões são as mesmas, exceto pelo entre-eixos, que cresceu quase 9 cm e contribuiu para um espaço mais generoso no banco traseiro e também no volume do porta-malas. São 480 litros de capacidade na versão Turbo e 540 litros na versão 4. 

Porsche Macan Turbo

Continua após a publicidade

A traseira é elegante e propõe uma sensação de que o SUV é mais largo do que a realidade graças ao filete em led vermelho, que percorre toda a extensão da carroceria. O spoiler é escamoteável e aparece quando os modos de condução esportivos são acionados ou mesmo quando a condução é naturalmente mais esportiva. 

Porsche Macan Turbo

Três telas e realidade aumentada 

A configuração de telas é inspirada no novo Cayenne e traz uma tela para o passageiro com recursos de entretenimento, como Youtube e jogos. Por uma questão de segurança, o Macan traz o painel ativo que impede que o motorista visualize a tela do passageiro com o carro em movimento.

Porsche Macan Turbo

A central multimídia tem 10,9” com operação intuitiva com Apple Car Play e Android Auto sem fio. A grande novidade do sistema é que ele passa a ter possibilidade de baixar aplicativos nativos como Spotify e Youtube. Tudo isso para reduzir a dependência do smartphone. 

Continua após a publicidade

A navegação é um caso a parte, já que o Macan estreia a realidade aumentada que permite acompanhar todo o trajeto no para-brisa. É quase possível dizer que há uma tela de aproximadamente 90 polegadas a 10 metros da sua visão – não tem mais como errar o caminho ou dizer que não sabia a velocidade que estava.

headup
Novo headup display cria uma realidade aumentada projetando as informações na pista (Porsche/Divulgação)

Para completar a parte das telas, o quadro de instrumentos é personalizável e configurável e é a maior das três com 12,6 polegadas.

Nova plataforma elétrica

O Macan elétrico estreia a plataforma PPE, de Premium Platform Electric. Desenvolvida com a Audi, foi pensada para modelos de volume, e também vai equipar o Q6 e-Tron, que também chega em 2024 ao Brasil.

No centro da nova plataforma está o conjunto de baterias com 100 kWh de capacidade e 12 módulos que podem ser reparados de forma individual, caso aconteça algum problema. O conjunto tem uma nova composição química que permite maior densidade de energia e propicia uma capacidade de carregamento em DC (recarga rápida) de até 270 kW – pode ser carregada de 10 a 80% em cerca de 21 minutos. Em um wallbox de 11 kW, o tempo de recarga se a bateria estiver zerada é de 10 horas.

Porsche Macan Turbo

Continua após a publicidade

O Macan elétrico tem a capacidade de recuperar até 240 kW de energia em frenagens e desacelerações, já que 40% da potência de frenagem não acontece pelos freios propriamente ditos. Quando os freios são acionados, é o motor quem atua primeiro, como um freio-motor, para reduzir a velocidade. Isso aumenta a vida útil dos freios. Segundo os executivos da marca, é possível recuperar 8 km de autonomia após algumas frenagens.

O sistema eletrônico Porsche Active Suspension Management (PASM) é combinado com a suspensão pneumática. O sistema destina-se a reagir às condições da estrada, mas também à velocidade, aceleração longitudinal e lateral, modulação do pedal do acelerador e direção. Na nova geração esse sistema possui amortecedores com tecnologia de duas válvulas. Toda essa combinação torna os modos de condução ainda mais precisos e distintos. E a mudança se torna mais perceptível ao acionar o modo Sport plus, no qual a direção fica mais firme e todas as ondulações do piso chegam para o motorista propiciando uma interação com a pista muito maior e tornando a condução mais visceral. 

O bloqueio do diferencial controlado eletronicamente no eixo traseiro, também contribui para a tração, estabilidade da carroceria e dinâmica lateral do Macan Turbo.

Pela primeira vez, o Macan possui eixo traseiro direcional, com ângulo de direção máximo de 5° – permite manobras de estacionamento facilitadas e uma maior estabilidade da carroceria ao contornar curvas mais acentuadas.

Trata-se do Macan mais potente da história, com até 639 cv com o launch control ativado. O 0 a 100 km/h prometido pela Porsche é de apenas 3,3 segundos, que o coloca entre os SUVs mais rápidos do mundo.

Continua após a publicidade

Na rápida convivência com o SUV foi possível verificar que o desempenho foi priorizado em seu desenvolvimento e, o comportamento na direção, é digno de esportivo. Em um kickdown no acelerador é evidente que a aceleração até os 100 km/h é cumprida em poucos segundos.

Porsche Macan Turbo

As duas gerações do Macan irão conviver no Brasil e isso só vai acontecer fora da Europa, já que o Macan a combustão em breve não atenderá mais aos requisitos de emissões por lá, um dos mais rigorosos do mundo. 

Dito isso, a pergunta que fica é: vale mais pena comprar a nova geração elétrica, a mais potente de mais de 600 cv, por R$ 770.000 ou um Macan GTS com visual antigo, 440 cv com motor V6 biturbo por R$ 735.000? A briga será acirrada, mas os mais puristas e amantes dos motores a combustão não poderão dizer que a Porsche esqueceu deles.

Ficha técnica – Porsche Macan EV Turbo

  • Motor: dois (dianteiro e traseiro) elétrico síncrono permanente, 639 cv (com overboost), 115 kgfm, sistema elétrico de 800 volts
  • Baterias: íons de lítio, 100 kWh, recarga de 10 horas (AC) e 21 minutos (DC)
  • Câmbio: automatizado, 1 marcha, 4×4
  • Suspensão: pneumática, five-link (dianteira), five-link (traseira)
  • Freios: disco ventilados nas quatro rodas
  • Direção: elétrica
  • Pneus: 235/55 R20 (dianteiros), 285/45 R20 (traseiros)
  • Dimensões: comprimento, 478,4 cm; largura, 193,8 cm; alt., 162,1 cm; entre-eixos, 289,3 cm; porta-malas, 84 l (dianteiro), 480 l (traseiro)
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.