Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

VW aumenta preços em até R$ 5.660; Nivus passa dos R$ 100.000

Os únicos a escaparem do novo aumento foram o recém-lançado Taos e o Tiguan

Por Guilherme Fontana 7 jul 2021, 19h07
vw Nivus
Volkswagen Nivus Comfortline Fernando Pires/Quatro Rodas

A Volkswagen promoveu mais um reajuste nos preços de quase toda a linha, poupando apenas os SUVs Taos e Tiguan. Por outro lado, o modelo mais barato da marca, o Gol, agora começa em R$ 62.090, e o Nivus ultrapassou a barreira dos R$ 100.000 em sua versão de entrada.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 8,90

De acordo com a nova tabela, o Gol teve reajustes de até R$ 1.100. Assim, o hatch elevou o valor da versão mais cara, equipada com motor 1.6 e câmbio automático, para R$ 76.390. Já o Voyage agora vai dos R$ 71.890 com motor 1.0, aos R$ 83.590 com motor 1.6 e câmbio automático. O aumento máximo do sedã ficou em R$ 1.240. A Saveiro agora começa em R$ 67.250 na versão Robust e chega a R$ 104.450 na Cross.

vw polo gts
Volkswagen Polo GTS Fernando Pires/Quatro Rodas

Na linha Polo, que agora começa em 67.090, houve acréscimos entre R$ 970 e R$ 1.850. O maior foi direcionado para a verão esportiva GTS, que passa a custar R$ 121.890. Também chama a atenção a configuração Highline 200 TSI, que aos R$ 99.990 está prestes a romper a barreira dos R$ 100.000.

O Virtus tem aumentos maiores em relação ao Polo, com R$ 1.220 a mais para a versão de entrada, de R$ 84.340. Já o GTS encareceu R$ 1.840 e foi para R$ 127.790 iniciais.

Continua após a publicidade
vw t-cross
VW T-Cross Pedro Danthas/Quatro Rodas

Nem o Fox escapou da nova precificação e teve aumento de R$ 910 na versão Connect, que parte de R$ 63.250, e de R$ 1.000 na XTreme, de R$ 68.990.

  • Também não é mais possível comprar um Nivus zero quilômetro por menos de R$ 100.000, já que o modelo agora parte de R$ 100.050. O T-Cross agora parte de R$ 92.990, já que a antiga configuração Sense dedicada ao público PCD (e vendida anteriormente por R$ 69.990) foi transformada em uma versão padrão. O topo de linha, Highline, ficou mais próximo do Taos ao encarecer R$ 2.060 e partir de R$ 138.950.

    VW TAOS
    Volkswagen Taos Fernando Pires/Quatro Rodas

    No andar de cima os reajustes foram mais expressivos. A Amarok passou a custar R$ 245.140 na versão Comfortline com motor 2.0 de quatro cilindros, enquanto a topo de linha, Highline Extreme com motor V6, subiu R$ 5.660 e foi para R$ 288.040. O Jetta GLi sai por R$ 189.490, ou R$ 2.780 a mais do que no mês de junho.

    Os únicos modelos a escaparem do novo aumento de preços foram o recém-lançado Taos, que segue custando entre R$ 154.990 e R$ 181.790, e o Tiguan em sua versão única, de R$ 236.090.

    Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

    Capa de QUATRO RODAS 746

    Continua após a publicidade
    Publicidade