Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Top Ten: escapismo com estilo

Quem foi que disse que escapamento é tudo igual?

Por Redação Atualizado em 27 jan 2017, 20h57 - Publicado em 10 fev 2016, 15h32

1. Pagani zonda

Pagani Zonda S

Reconhecido pelo design excêntrico, o Pagani Zonda tem entre seus detalhes exóticos os quatro escapes agrupados no centro da traseira feitos para lembrar uma metralhadora giratória.

2. Spyker

Spyker C12

A marca holandesa produziu aviões na I Guerra Mundial, por isso o Spyker C12 Spyder traz tantas menções à aviação. Como no logotipo, nas entradas de ar e nos escapes, que simulam metralhadoras de antigos caças – elas até trazem a inscrição em latim “Aos persistentes, nenhum obstáculo é intransponível”.

3. Lamborghini

Lamborghini Murciélago

Depois do Gallardo, os Lamborghini adotaram durante um certo tempo um único cano central, de tamanho generoso. No Murciélago (foto), ainda há uma curiosidade: apesar da única saída aparente, internamente há dois dutos separados.

4. Ferrari 458 Italia

Ferrari 458 Italia

A Ferrari ressuscitou na 458, de 2009, os três escapamentos presentes na lendária F40. Assim como no superesportivo de 1987, o duto central é de calibre menor que os laterais.

5. Corvette

Chevrolet Corvette

Continua após a publicidade

O novo Corvette, lançado em 2013, adotou uma posição pouco usual para os escapamentos: quatro dutos em sequência, no centro do veículo, formando um conjunto único com o difusor de ar.

6. Mercedes 300 SLR

Mercedes-Benz 300 SLR

O Mercedes 300 SLR Uhlenhaut foi inspirado no 300 SLR e no 300 SL Asa de Gaivota. Tinha o charme dos dois escapes laterais, um em cima e outro embaixo, perto das portas. Na releitura SLR, de 2003, as saídas ficaram – mas uma à frente da outra.

7. Fiat Stilo

Fiat Stilo

Ao reestilizar o Stilo, em 2008, a Fiat quis dar um ar esportivo colocando sob o para-choque duas saídas de escape… falsas! A farsa ficava ainda mais evidente porque, à esquerda, via-se logo o escapamento original.

8. Dodge Viper

Dodge Viper

Quando surgiu, em 1992, o Viper exibia sob as portas um vistoso escapamento, referência visual aos antigos roadsters potentes, como o Shelby Cobra dos anos 60. Mas logo vieram as reclamações de gente que queimava a perna ao sair do carro. Por isso, os canos foram cobertos em 1996. Para alegria dos puristas, porém, na geração atual da “Víbora” eles voltaram à mesma disposição.

9. Porsche 918 Spyder

Porsche 918 Spyder

Primeiro superesportivo híbrido da marca, o 918 tem dois motores elétricos, mas não abre mão de um V8 que tem um diferencial: seus dois canos são voltados para cima, perto do teto. Assim, torna o curso dos gases o mais curto possível e mantém o calor longe das baterias, que estão no assoalho.

10. Opel GT

Opel GT

Ele ainda nem foi lançado oficialmente, mas a nova reencarnação do esportivo de dois lugares e tração traseira da Opel promete ter um dos escapes mais originais da atualidade: duplo, em localização central e unidos por uma peça de design que acaba remetendo à forma de halteres.

Continua após a publicidade

Publicidade