Assine QUATRO RODAS por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Segredo: VW Santana volta ao Brasil em 2017

Versão nacional, que chega em 2017, vai passar por mudanças estéticas e de conteúdo em relação ao modelo vendido na China desde 2013

Por Paulo Campo Grande
Atualizado em 23 nov 2016, 20h38 - Publicado em 25 fev 2016, 15h15
VW Santana
Santana entra no segmento de Cobalt, Versa, Logan & cia (Du Oliveira)

A VW desengavetou o projeto do novo Santana no Brasil. No final de janeiro, a empresa iniciou pesquisas para atualizar informações junto aos consumidores sobre a receptividade do modelo no mercado. Em uma clínica com potenciais compradores, a VW queria saber o que as pessoas achavam do visual e também quanto estariam dispostas a pagar pelo veículo. O modelo, que herda o nome do antigo carro da marca produzido no Brasil entre 1984 e 2006, é um sedã de porte médio para ser posicionado em nosso mercado na faixa de preço dos compactos.

É o caso de Renault Logan, Fiat Grand Siena, Nissan Versa e Chevrolet Cobalt, vendidos entre R$ 42.000 e R$ 68.000 (com o Cobalt Elite e o Versa Unique elevando o valor médio da amostra). Um dos preços sugeridos pela VW durante o encontro com os compradores foi de R$ 58.000.

A pesquisa da montadora foi realizada em São Paulo (SP) com clientes de diferentes regiões do país. Eles se encontraram em um centro de exposições, onde a empresa exibiu não só o Santana como também outros sedãs de diferentes segmentos. Havia Chevrolet Cobalt e Prisma, Fiat Grand Siena, Ford Fiesta Sedan, Honda City e Hyundai HB20S.

Continua após a publicidade

O Santana apresentado não era exatamente igual ao modelo vendido na China desde 2013. Com design mais elaborado, ele possuía mudanças na grade dianteira, nos faróis e principalmente na lateral, com a linha de cintura ascendente, e na traseira, com o porta-malas mais alto. A tampa traseira também era diferente: mais simples, segundo informações.

VW Santana
A traseira ficou mais alta que a dianteira ()

A VW se interessou em saber o que os convidados pensavam sobre acabamento, conteúdo, espaço interno e motorização. O carro estava fechado e trazia os vidros escurecidos. Isso leva a crer que esses itens já estejam definidos. Na China, o Santana tem motores 1.4 e 1.6 em versões cheias de equipamentos.

QUATRO RODAS avaliou um modelo em 2013 que trazia seis airbags, ESP, sensor de ré, central multimídia, ar-condicionado, teto solar, assistente de partidas em rampas e bancos imitando couro.  Por aqui, a fábrica pode lançar mão dos mesmos motores e também do novo motor 1.0 TSI flex, de 105 cv com etanol, e de diferentes pacotes de conteúdo para equiparar sua oferta à da concorrência.

Continua após a publicidade

O Santana atual usa a plataforma PQ35 do Jetta e deveria chegar ao Brasil em 2014. Desde 2012, o sedã vinha sendo avaliado em nosso país, rodando disfarçado sob a carroceria de um Jetta da geração passada. Mas em agosto de 2013 a VW decidiu adiar o projeto, na época sem data para retomada. Agora, o novo Santana deve estrear em 2017.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Os automóveis estão mudando.
O tempo todo.

Acompanhe por QUATRO RODAS.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.