Clique e assine por apenas 8,90/mês

Segredo: novo Honda Fit é flagrado sem camuflagem no Japão

Monovolume fará sua estreia mundial durante o Salão do Automóvel de Tóquio; estreia para o Brasil está prevista para fim de 2020

Por Rodrigo Ribeiro - 11 out 2019, 12h03
Modelo voltará a usar linhas arredondadas Creative Trend/Reprodução

O principal lançamento global da Honda para 2019 vazou às vésperas de sua estreia no Salão de Tóquio. A quarta geração do Fit foi flagrada sem camuflagem pelo site japonês Creative Trend em um pátio de estacionamento.

A imagem mostra apenas a dianteira do monovolume, mas confirma o visual mais arredondado presente nos protótipos que rodam o mundo inteiro. No flagra também é possível ver uma versão de teto mais alto e comprido do Fit, o que abriu especulações para que seja o sucessor do Shuttle, versão perua do modelo restrita a alguns mercados asiáticos.

Segundo o site Creative Trend, o lançamento do novo Fit, previsto para novembro no Japão, irá atrasar por conta de problemas no freio de estacionamento elétrico do modelo. Essa mudança não deve impactar na chegada da nova geração ao Brasil, prevista para o final de 2020 e início de 2021.

Ecológico

A nova geração manterá a versatilidade interior típica do Fit Divulgação/Honda

O novo Fit continuará a oferecer uma versão híbrida, mas a novidade é que essa variante irá estrear em novos mercados. Sua chegada ao Brasil é incerta, pois os primeiros híbridos que a Honda irá ofertar no país ficarão na faixa acima de R$ 100 mil, começando pelo novo CR-V Hybrid.

Continua após a publicidade

A opção elétrica também continuará, mas terá mudanças no trem de força para alcançar autonomia acima dos 300 km em ciclo WLTP. Outros itens que irão equipar o novo Fit estão o sistema de frenagem autônoma de emergência com detecção de pedestres, opção para faróis totalmente de leds e assistente de manutenção de faixa.

Em seguida serão lançadas a versão aventureira do Fit — que não necessariamente substituirá o WR-V nacional — e o City. O ciclo de renovação dessa plataforma se completará com o novo HR-V, mas sua estreia não irá ocorrer antes de 2021.

Publicidade