Clique e assine por apenas 5,90/mês

Seat continua em risco

CEO afirma que é necessário dobrar o número de vendas

Por Rodrigo Furlan - Atualizado em 9 nov 2016, 12h20 - Publicado em 26 mar 2013, 14h17
mercado

A fabricante espanhola Seat, que pertence ao Grupo Volkswagen, passa por um momento de turbulência. De acordo com James Muir, CEO da marca, é necessário dobrar o número de unidades vendidas anualmente para garantir a sobrevivência da Seat futuramente.

“Em curto-prazo, precisamos fazer com que os investimentos recebidos para produzir os modelos Leon se traduzam em vendas. Depois, todo novo investimento que recebermos precisará ‘se pagar'”, disse Muir.

Em 2012, a Seat vendeu globalmente 320 mil veículos. Se, brevemente, a ideia é de que esse número dobre, mais adiante, segundo o CEO, será necessário que a marca emplaque 1 milhão de unidades ao ano para se manter lucrativa.

Publicidade