Assine QUATRO RODAS por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Salão de Chengdu abre na China e tem até alternativa a Wrangler e Bronco

China, que já reabriu até mesmo os cinemas, reativa seu calendário automotivo. Salão tem atrações de fabricantes chinesas e até de algumas marcas ocidentais

Por Henrique Rodriguez Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 24 jul 2020, 12h11 - Publicado em 24 jul 2020, 12h10
WEI Tank 300 tem capacidade off-road promissora e é uma das principais atrações de Chengdu (Autohome/Reprodução)

A situação dos salões automotivos ao redor do mundo já não era boa. O gasto elevado para fabricantes exporem suas novidades esvaziou o grande Salão de Frankfurt em 2019 e agora o evento estuda mudar de cidade. No Brasil, Salão de São Paulo de 2020, que aconteceria em novembro, foi cancelado meses antes do surgimento da Covid-19 após debandada dos fabricantes.

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine com 64% de desconto.

A situação só piorou com a pandemia. Todo o calendário de salões de 2020, inclusos os de Paris e Nova York. O Salão de Genebra de 2021, que aconteceria em março, não só foi cancelado como está à venda.

Nova geração do BMW Série 4 faz sua primeira aparição pública em Chengdu (Auto Sohu/Reprodução)

Mas esta é uma visão ocidental dos eventos, pois na China a visão dos salões é completamente diferente. Tanto que agora, quando a indústria local já ensaia uma volta à normalidade e até os cinemas já funcionam, o Salão de Chengdu foi aberto e é o primeiro dos quatro previstos para acontecer ainda em 2020 no país.

Nova geração do Mercedes GLA já está à venda na China (Auto Sohu/Reprodução)

Maior mercado automotivo do mundo, a China também está repleta de fabricantes locais cuja distribuição muitas vezes está concentrada em algumas regiões do país. Os salões acabam sendo um meio de divulgação de seus produtos para o resto do país e do mundo, e também é usado para prospectar possíveis investidores.

(Auto Sohu/Reprodução)

Até mesmo as fabricantes ocidentais têm stands no evento. O BMW Série 4 faz sua primeira aparição pública em Chengdu e já está em pré-venda, enquanto a Mercedes aproveitou o evento para lançar a nova geração do GLA na China. Quem também apareceu por lá foi a nova geração do Land Rover Defender.

JAC X8 é nada mais que o facelift do T80 (Divulgação/JAC)

Quem domina o evento, porém, são as fabricantes locais. A JAC apresentou o Jiayue X8, que nada mais é do que a reestilização do T80 vendido no Brasil. Além da repaginada no visual, ganhou novo motor 1.5 turbo de 184 cv como alternativa ao 2.0 turbo de 210 cv. 

SAIC Maxus tem design típico de carros conceito (Autohome/Reprodução)

Até carros-conceito têm espaço. A SAIC, parceira da Volkswagen na China, ensaia aquela que poderá ser sua nova picape média. A Maxus tem linhas bem marcantes, estreitos faróis de leds e, por dentro, painel dominado pelas telas do quadro de instrumentos e da central multimídia.

(Autohome/Reprodução)

Já a WEY, submarca da Great Wall, apresentou o Tank 300, o modelo com maior capacidade off-road de sua história.

WEY Tank 300 é algo como um Wrangler chinês (Autosohu/Reprodução)

As linhas quadradas e os faróis redondos misturam um pouco de Jeep Wrangler e Ford Bronco. O que a WEY divulgou sobre a mecânica também: o SUV terá bloqueios nos diferenciais dianteiro, central e traseiro, que atuarão de acordo com os nove modos de tração predefinidos. 

Interior do Tank 300 remete aos Mercedes (Auto Sohu/Reprodução)

A Chery, por sua vez, levou para o evento o Tiggo 5X renovado. O SUV ganhou frente inteiramente nova, traseira com novas lanternas escurecidas e interior completamente novo, com a tela da central multimídia destacada do painel.

(Auto Sohu/Reprodução)
(Auto Sohu/Reprodução)

Por enquanto, o modelo será vendido na China sem motor turbo, mas com o 1.5 aspirado de 116 cv combinado com câmbio manual de cinco marchas ou CVT.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da nova edição de quatro rodas? clique aqui e tenha o acesso digital.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.