Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Rodas do Bugatti Veyron valem mais que picapes da RAM no Brasil

Rodas novas do superesportivo ultrapassam os R$ 400.000, enquanto usadas valem mais que qualquer carro popular brasileiro

Por João Vitor Ferreira 20 abr 2022, 19h00

Antes do Bugatti Chiron reinar entre os hiperesportivos, o trono pertencia a outro. O Bugatti Veyron foi o seu antecessor e o primeiro a ser considerado um “hipercarro”.

Assine a Quatro Rodas a partir de R$ 9,90

Mas claro que esse título não veio só pelo desempenho ou por ser o primeiro veículo a declarar mais de 1000 cv. O preço também era um fator bem extravagante do Bugatti Veyron. No Brasil, por exemplo, seu preço ultrapassou os R$ 7 milhões.  Por esse valor, o Bugatti Veyron não encontrou compradores por aqui e deu adeus ao país sem vender uma unidade sequer.

Não só a potência de 1001 cv faziam seu preço atingir valores surreais para o Brasil, a raridade também contribuía. Apenas 450 modelos foram produzidos, sendo 300 cupês e 150 roadsters.

Rodas Bugatti Veyron
Mesmo usadas, as rodas aparentam estar em bom estado Reprodução/Internet

Seguindo a lógica, é claro que suas peças também atingem valores exorbitantes. No ebay, foi encontrado um conjunto de quatro rodas originais do Bugatti Veyron pelo valor de U$ 27.500, ou aproximadamente R$ 128.720,61, na conversão feita pelo próprio site.

Compartilhe essa matéria via:
Continua após a publicidade

Ou seja, se porventura um proprietário tivesse que trocar as rodas do Veyron, ele poderia comprar qualquer modelo popular no Brasil, e ainda sobraria dinheiro. Também há a opção de comprar uma versão intermediária de algum SUV compacto, como o Volkswagen T-Cross, Chevrolet Tracker ou Nissan Kicks.

Rodas Bugatti Veyron
Reprodução/Internet

O conjunto de rodas da OZ Racing de 20’’, para as dianteiras, e 21’’. para as traseiras, vinham originalmente calçadas com pneus especiais da Michelin. Segundo o vendedor, elas foram retiradas, pois ele decidiu trocá-las por um kit da Mansory.

Se está achando essas rodas de segunda mão caras, na verdade elas são muito mais baratas do que um conjunto novo. A Bugatti cobra exatos U$ 100.000 (R$ 462.000, na cotação atual) por um jogo de rodas com os pneus e você ainda tem que esperar cerca de um ano para recebê-los.

Bugatti Veyron Grand Sport Vitesse
A versão mais potente do Bugatti Veyron foi a Grand Sport, que tinha 1200 cv divulgação

Por esse valor, é possível ser bem mais ousado na escolha de um modelo zero km. Você pode optar por qualquer picape média do nosso mercado e ainda vai economizar cerca de R$ 100.000, dependendo do modelo. Mas se quiser ousar, pode escolher entre as RAM 1500 e 2500, que estão saindo por R$ 460.990.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue lendo, sem pisar no freio. Assine a QR.

Impressa + Digital

Plano completo da QUATRO RODAS! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

Receba mensalmente a QUATRO RODAS impressa mais acesso imediato às edições digitais no App QUATRO RODAS, para celular e tablet.

a partir de R$ 14,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

App QUATRO RODAS para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês