Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Operação americana da VW é um desastre, diz executivo

Osterloh apontou fraco crescimento e incapacidade de entender o mercado dos EUA

Por redação Atualizado em 9 nov 2016, 13h00 - Publicado em 24 jan 2014, 10h37
impressoes

Bernd Osterloh, chefe do Conselho da Volkswagen, disse algumas palavras duras sobre as operações norte-americanas de sua empresa, ridicularizando o seu desempenho no país como um “desastre”. Segundo a Reuters, Osterloh também apontou para uma série de questões, incluindo o fraco crescimento das vendas e da incapacidade da VW para entender o mercado dos Estados Unidos.

Uma das muitas correções que Osterloh está pedindo é uma expansão da linha de produtos da VW, incluindo a adição de uma caminhonete e um novo crossover. A fabricante alemã anunciou que o conceito CrossBlue será vendido em os EUA, mas Osterloh está frustrado porque a montadora ainda não decidiu se o crossover será produzido no México ou a sua fábrica nos EUA em Chattanooga (Tennessee).

A crítica de Osterloh surge cerca de um mês após a saída de Jonathan Browning do cargo de chefe da Volkswagen of America. Michael Horn, ex-chefe de pós-venda da VW global, substituiu Browning como o chefe de operações nos Estados Unidos.

Continua após a publicidade

Publicidade