Operação americana da VW é um desastre, diz executivo

Osterloh apontou fraco crescimento e incapacidade de entender o mercado dos EUA

impressoes impressoes

impressoes (/)

Bernd Osterloh, chefe do Conselho da Volkswagen, disse algumas palavras duras sobre as operações norte-americanas de sua empresa, ridicularizando o seu desempenho no país como um “desastre”. Segundo a Reuters, Osterloh também apontou para uma série de questões, incluindo o fraco crescimento das vendas e da incapacidade da VW para entender o mercado dos Estados Unidos.

Uma das muitas correções que Osterloh está pedindo é uma expansão da linha de produtos da VW, incluindo a adição de uma caminhonete e um novo crossover. A fabricante alemã anunciou que o conceito CrossBlue será vendido em os EUA, mas Osterloh está frustrado porque a montadora ainda não decidiu se o crossover será produzido no México ou a sua fábrica nos EUA em Chattanooga (Tennessee).

A crítica de Osterloh surge cerca de um mês após a saída de Jonathan Browning do cargo de chefe da Volkswagen of America. Michael Horn, ex-chefe de pós-venda da VW global, substituiu Browning como o chefe de operações nos Estados Unidos.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s