Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

NSX mais potente da história tem 600 cv e marca o fim do esportivo

Acura NSX Type S tem o mesmo trem de força da versão comum, mas novos turbocompressores tornam especial o fim da segunda geração do esportivo

Por João Vitor Ferreira Atualizado em 14 ago 2021, 00h06 - Publicado em 14 ago 2021, 07h00
dois type s vermelhos na pista
Encontro de gerações dos NSX Divulgação/Honda

Após todo o suspense gerado pelo teaser da última semana, a Acura, divisão esportiva da Honda, revelou detalhes do NSX Type S, esportivo mais potente já feito pela montadora. Essa versão histórica, marca a despedida da segunda geração do NSX e está limitada a apenas 350 unidades, sendo que 300 delas ficarão nos EUA.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 8,90

Comparando com o modelo anterior, o NSX Type S teve o motor V6 3.5 biturbo preparado para render 28 cv a mais, chegando aos 600 cv e 68 kgfm. A explicação para o melhor desempenho está nos turbocompressores do NSX GT3 Evo, de pista. Essa modificação aumenta em 6% a pressão no ar que chega ao motor. Novos injetores de combustível e intercoolers aprimorados também contribuem para a potência maior.

Mas o trem de força ainda é híbrido e tem mais três motores elétricos que garantem tração integral ao esportivo. Na parte elétrica, as novas baterias têm capacidade até 20% superior que a do NSX padrão. Já a entrega de carga aumentou em 10%.

Traseira NSX TYPE S
Das 350 unidades que serão fabricadas, somente 70 terão a exclusiva cor Gotham Grey Divulgação/Honda

Novidades também no câmbio de dupla embreagem com nove marchas. Agora é possível trocar as marchas 50% mais rápido. Além disso, um novo modo de redução rápida foi adicionado, permitindo pular marchas quando for passar para as relações mais baixas.

Ao todo, o motorista poderá desfrutar de quatro modos de direção: Quiet (direção suave, menos barulho do motor e maior autonomia elétrica), Sport (melhor desempenho nas curvas e redução rápida de marchas), Sport+ (aprimora tudo do modo anterior e possui trocas de marchas mais rápidas) e o Track (motor mais barulhento, otimiza o desempenho e mantém o motor em sua faixa de rotação mais potente).

nsx vermelho

No design o Type S ganhou entradas de ar maiores e mais angulares, garantindo melhor refrigeração do motor. Na traseira, ele tem novo difusor de carbono, maior e inspirado no do irmão GT3, além de novas aletas. Tudo isso para melhorar a aerodinâmica e o desempenho nas curvas.

As rodas são de liga leve e têm 20 polegadas com cinco raios. As bitolas dianteiras e traseiras ficaram maiores, com 10 e 20 mm respectivamente.

Continua após a publicidade

Detalhe Roda NSX TYPE S
No pacote padrão, as pinças de freio são exclusivamente vermelhas. Com o Pacote Leve opcional o leque se expande para quatro Divulgação/Honda

O NSX Type S recebeu um presente especial da Pirelli. Os pneus de desempenho P Zero foram feitos sob medida, desenvolvidos para aumentar em até 6% a aderência lateral. Os traseiros são mais largos, com 305 mm e os dianteiros têm 245 mm.

Para parar o Type S são usados freios Brembo de seis pistões atrás e de quatro na dianteira. Mas se optar pelo Pacote Leve opcional, o conjunto ganha um upgrade, com pinças feitas de cerâmica de carbono de alto desempenho.

NSX TYOE S MONTAGEM FRONTAL
O Type S marca o fim da segunda geração do NSX, iniciada em 2016. Divulgação/Honda

Falando no pacote, ele leva esse nome pois adiciona tampa do motor e acabamento interno em fibra de carbono, que reduz o peso do carro em até 26,2 kg. A Acura não revelou a velocidade máxima, mas o novo NSX conseguiu bater em dois segundos o tempo do seu antecessor no circuito de Suzuka, no Japão.

Assim como no exterior, o logo “Type S” marca presença na cabine, estampando os bancos, porta-luvas e porta-chaves. O forro é em Alcantara, enquanto os assentos de couro têm as opções em duas cores e completamente pretos ou brancos.

Detalhe banco NSX type S

A encomendas já começaram e o preço inicia em U$ 169.500, cerca de R$ 888.180 na cotação atual. Quem quiser adicionar mais desempenho ao Type S e optar pelo Pacote Leve, vai ter que desembolsar U$ 182.500 (R$ 956.300).

Essa é a primeira vez que um NSX especial é oferecido para fora do Japão, que terá somente 30 unidades reservadas ao seu mercado. 

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital

Edição de julho
A edição 747 de QUATRO RODAS já está nas bancas! Quatro Rodas/Quatro Rodas

  

Continua após a publicidade

Publicidade