Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Novo Mercedes EQS tem painel inteiro de vidro e processamento de PC gamer

Novo sedã elétrico topo de linha terá três mostradores sob uma mesma peça de vidro que atravessa painel e controla todo o carro

Por Igor Macario Atualizado em 13 Maio 2021, 14h45 - Publicado em 29 mar 2021, 20h37
mercedes
Vidro tem 1,4 m de largura e simula tela de 2,4 m² Divulgação/Mercedes-Benz

A Mercedes-Benz revelou como será o interior de seu novo sedã elétrico topo de linha, o EQS. O modelo dará mais um passo adiante na revolução promovida pela marca nas cabines de seus carros atuais. Como opcional, o modelo poderá ter três telas à frente dos ocupantes, todas sob a mesma peça de vidro, dando a impressão de um enorme visor contínuo.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 7,90

O sistema é chamado de MBUX Hyperscreen, com nada menos que 1,41m de vidro cobrindo todo o painel e unindo as telas dos mostradores, central multimídia e outra à frente do passageiro. As central e a da direita são sensíveis ao toque.

merdedes
Tela central e direita são sensíveis ao toque Divulgação/Mercedes-Benz

Segundo a Mercedes, o conjunto simula uma tela única equivalente a 2,4 m². A parte inferior é integrada à iluminação ambiente e é destacada, como se fosse flutuante.

  • Para fazer todo esse “cinema” funcionar, o sistema tem uma CPU com 24 GB de memória RAM e processador com oito núcleos e capaz de processar quase 50 GB por segundo.

    Antes que você pergunte, vale dizer: em caso de um acidente, o enorme vidro tem pontos de fratura determinados, para evitar que fragmentos sejam lançados em direção aos ocupantes, ou partes inteiras se descolem.

    mercedes
    Versões mais simples vêm com painel igual ao do Classe S Divulgação/Mercedes-Benz

    Como o sistema é opcional, as unidades sem o pacote terão um conjunto semelhante ao usado pelo novo Classe S, por si só já bastante tecnológico.

    Continua após a publicidade

    As telas do Hyperscreen têm também resposta por vibração a cada toque, como em telefones celulares.

    Aliás, a Mercedes também quer estimular outros sentidos dos ocupantes a bordo do EQS. Os bancos podem ter até 10 programas de massagem e virem revestidos de Neotex, um tecido que combina couro nubuck com neoprene.

    Para os ouvidos, o pacote Energising Comfort consegue tocar sons da natureza na cabine, como chuva, oceano e florestas, para acalmar quem estiver a bordo. E para o olfato, o EQS trará um sistema de fragância interna, já comum em modelos de luxo da própria marca. A novidade é que há uma nova fragância criada especialmente para o modelo.

    mercedes
    Bancos têm sistema de massagem e 10 programas diferentes Divulgação/Mercedes-Benz

    Há também várias configurações possíveis para o interior. O comprador pode escolher as cores, materiais e até o formato dos bancos e painéis internos. Os modelos sem a Hyperscreen terão iluminação interna especial, que realça mais aspectos do interior. Mas há uma função que pode deixar visíveis apenas informações essenciais.

    A cabine também pode assumir programações pré-definidas, com motivações especiais. Com um toque num comando, as luzes diminuem de intensidade, os bancos se reclinam e os passageiros podem relaxar mais. Ou se o sono for o problema, o carro pode dar um “gás extra” mudando a posição do banco e até jogando uma fragância mais forte para despertar o motorista.

    Mercedes
    Iluminação interna muda de acordo com “humor” do motorista Divulgação/Mercedes-Benz

    Toda a parafernália pode ser comandada pelo toque nas telas, pelo volante ou até mesmo por voz ou gestos.

    A Mercedes vem revelando o EQS aos poucos, com diversos teasers. Agora, foi a vez do interior, mas ainda faltam os detalhes finais da carroceria e dados de potência e desempenho. Por enquanto, a marca revelou apenas que o sedã será capaz de rodar até 700 km com uma carga nas baterias.

    Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da nova edição de Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

    capa 743
    Arte/Quatro Rodas
    Continua após a publicidade
    Publicidade