Clique e Assine QAUTRO RODAS por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Novo BMW M2 tem visual polêmico, mas compensa com 460 cv e câmbio manual

Com formas que privilegiam a função e um 0 a 100 km/h em cerca de 4 segundos, o M2 pode ser o último M totalmente a combustão

Por Guilherme Fontana Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
13 out 2022, 13h06

Modelo mais vendido da linha esportiva M no mundo, o BMW M2 chega à sua segunda geração despertando um misto de sentimentos. Se a aparência polêmica pode fazer os puristas torcerem o nariz, a mecânica, que inclui tração traseira e câmbio manual, certamente será uma empolgante unanimidade. Já visto no Brasil, ele poderá chegar por aqui entre o final de 2023 e o início de 2024.

O visual do cupê já havia sido revelado por flagras divulgados em redes sociais, mas agora é possível ver em detalhes e entender algumas das soluções que priorizam a função, e não a forma.

BMW M2
BMW M2 (Divulgação/BMW)

Na dianteira, o novo M2 tem os mesmos faróis do Série 2 comum, mas com um aplique abaixo da parte mais estreita da peça de iluminação. Isso faz com que os contornos dos faróis pareçam menos irregulares.

Continua após a publicidade
Compartilhe essa matéria via:

O para-choque tem aberturas retangulares e otimizam, segundo a BMW, o resfriamento dos componentes de motor e freios. Já a grade não adere ao crescimento visto em outros modelos. Ela se mantém pequena, mas também retangular e com frisos horizontais.

BMW M2
BMW M2 (Divulgação/BMW)

A traseira adota um para-choque volumoso que parece espremer as lanternas. As extremidades têm aberturas que abrigam refletores verticais e sensores de estacionamento, enquanto a porção central tem um difusor em preto brilhante que emoldura as quatro saídas de escape. O difusor e o aerofólio, segundo a marca, ajudam de forma efetiva no downforce.

Quando visto de lado, o M2 exibe arcos de roda mais “musculosos”, além de rodas de 19 polegadas na dianteira e 20 polegadas na traseira. Como opcional, as rodas podem ter 20 e 21 polegadas na dianteira e na traseira, respectivamente. Por fim, o teto, também como opcional, pode ser em fibra de carbono.

Continua após a publicidade
BMW M2
BMW M2 (Divulgação/BMW)

O interior do modelo repete o já visto nos últimos lançamentos da BMW com o conjunto curvo de telas no topo do painel – a tela do quadro de instrumentos tem 12,3 polegadas e, a da central multimídia, 14,9 polegadas.

Os bancos podem ser os de série, os M Sport ou os M Carbon, estes últimos opcionais, feitos com plástico reforçado com fibra de carbono. Apesar da dieta, que reduziu 10,8 kg em relação aos M Sport, ele possui aquecimento, ajustes elétricos e logo “M2” iluminado próximo ao pescoço do motorista.

Continua após a publicidade
BMW M2
BMW M2 (Divulgação/BMW)

A tradição vem na mecânica

Debaixo do capô está o motor 3.0 de seis cilindros turbo de 460 cv de potência e 56,1 kgfm de torque, com rotação máxima de 7.200 rpm e nenhuma ajuda de motores elétricos ou algo do tipo. Para acompanhar estes números, o câmbio pode ser automático de oito marchas ou manual de seis marchas, enquanto a tração é exclusivamente traseira, para a alegria de muitos.

BMW M2
BMW M2 (Divulgação/BMW)

De acordo com a BMW, ele vai de 0 a 100 km/h em cerca de 4,1 segundos quando equipado com câmbio manual, tempo que cai para 3,9 segundos quando com câmbio automático. A velocidade máxima é limitada eletronicamente a 248 km/h – ou de 283 km/h se o modelo estiver com o pacote M Driver’s Package, opcional.

Os sistemas de refrigeração e óleo foram pensados, segundo a marca, para terem a melhor entrega em todas as situações – seja no dia-a-dia ou em competições. No sistema de óleo, por exemplo, um reservatório com duas câmaras separadas e um estágio de sucção adicional permitem que a bomba de óleo mantenha o lubrificante fluindo independente do tipo de uso do carro no momento.

BMW M2
BMW M2 (Divulgação/BMW)

Na tração, o eixo traseiro tem um diferencial ativo de série que pode gerar um efeito de travamento de até 100%, de forma contínua ou variável. Para a marca, isso otimiza a tração por oferecer diferentes níveis de aderência para a roda esquerda ou direita, e permite arrancadas mais rápidas.

Já com a ajuda da eletrônica, o BMW M2 tem diversas possibilidades de personalização que alteram a experiência do condutor. A transmissão automática pode ter três níveis diferentes, enquanto a direção pode alternar entre Comfort e Sport. Também há ajustes para a suspensão adaptativa, para o controle de estabilidade e para os freios – estes com um modo de conforto e outro mais direto.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.