Clique e assine por apenas 8,90/mês

Novata Mazzanti revela superesportivo Evantra

Modelo tem motor V8 com 701 cv

Por Vitor Matsubara - Atualizado em 9 nov 2016, 12h12 - Publicado em 8 jan 2013, 19h54
fabricantes

Uma nova marca italiana de superesportivos está dando o que falar. A ilustre desconhecida Mazzanti está disposta a encarar pesos-pesados da terra da bota, como Ferrari e Lamborghini, com o Evantra.

A primeira fase deste projeto ficou marcada por um design bastante chamativo, embora sem a agressividade de algumas criações das marcas mais badaladas. A carroceria poderia ser feita de alumínio ou fibra de carbono e debaixo do capô o comprador podia escolher entre aspiração natural e assistência de dois turbocompressores no motor 2.5 com seis cilindros em linha. A potência era de 403 cv ou 603 cv, respectivamente, cavalaria mais do que suficiente para incomodar Ferrari e companhia.

080113_evantra_2.jpg

Recentemente, o empresário Luca Mazzanti decidiu fazer algumas modificações no modelo. Visualmente, o carro ganhou uma nova asa dianteira e o chassi ganhou o reforço de duas estruturas de cromo-molibdênio, uma colocada dentro da cabine e outra ligando o motor aos pontos vitais da suspensão, visando melhorar a rigidez da carroceria. Na parte mecânica, o conjunto com seis cilindros em linha deu lugar a um 7.0 V8 feito de alumínio com 701 cv, suficientes para levá-lo do zero aos 100 km/h em apenas 3,2 segundos.

080113_evantra_3.jpg

Com tração traseira, o Mazzanti Evantra é equipado com transmissão automatizada (cujas marchas são selecionadas por botões no console central) e discos de freio de 380 milímetros de diâmetro fornecidos pela Brembo, sendo que discos de carbono-cerâmica são oferecidos à parte. O condutor poderá escolher entre os modos de condução Strada e Corsa, sendo este último voltado para uso em pistas.

Continua após a publicidade

Assim como na maioria dos superesportivos, o proprietário poderá personalizar o acabamento da cabine de acordo com sua preferência, incluindo uma vasta escolha de diferentes materiais. Ainda não há informações de quantas unidades serão produzidas nem quando o carro chegará às ruas italianas.

Publicidade