Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Mitsubishi Motors completa 45 anos

Antes, carros eram feitos por divisão especial

Por Rodrigo Furlan Atualizado em 9 nov 2016, 14h27 - Publicado em 22 abr 2015, 14h08
fabricantes

A Mitsubishi Motors Corporation completa 45 anos de existência nesta quarta-feira (22). Não, você não leu errado. É claro que carros da Mitsubishi são produzidos há mais tempo, mas a empresa automotiva foi efetivamente criada em abril de 1970.

Tal data marcou o início da autonomia da produção de carros da Mitsubishi em relação à Mitsubishi Heavy Industries, que tinha uma divisão especial destinada à montagem de veículos.

Por sinal, o início da relação da marca com veículos data de 1917, quando começou o desenvolvimento do Model-A, por parte da Mitsubishi Shipbuilding Company. Este foi o único modelo produzido pela Shipbuilding, que se fundiria em 1934 com a Mitsubishi Aircraft Corporation para formar a Heavy Industries.

Na sequência de sua criação, a Mitsubishi Motors Corporation acertou uma parceria com a Chrysler para a criação de uma joint-venture, de modo a expandir suas vendas na América do Norte. Como marco desse negócio, registra-se o início das vendas do Dodge Colt (foto) nos EUA em 1971, nada mais do que um Mitsubishi Galant.

Continua após a publicidade

Em 1973, foi criado aquele que seria um dos mais conhecidos modelos da marca mundo afora: o Lancer. Três anos depois, o primeiro escritório da companhia na Europa, mais precisamente na Holanda, entrou em funcionamento. Já em 1979, a produção de carros quebrou a barreira anual de um milhão de carros.

mitsubishi-pajero-1982.jpeg

Os esportes a motor também se somaram ao portfólio da empresa, com a introdução do então recém-criado Pajero no Rally Paris-Dakar em 1983, chegando à vitória no geral em 1985. Em 1993, os laços com a Chrysler foram rompidos, mas a Mitsubishi Motors Corporation seguiu em expansão, com a criação de um centro de pesquisa e desenvolvimento nos EUA em 1996.

Curiosamente, em 2000, a DaimlerChrysler (criada em 1998) voltaria a adquirir ações da MMC, mas a aliança seria dissolvida em 2004. No mesmo ano, um plano de revitalização dos negócios da empresa foi anunciado, garantindo novo fôlego. Nos anos seguintes, foram lançados modelos convencionais, como o Outlander, e elétricos, incluindo o i-MiEV.

Atualmente, de acordo com o site global da MMC, as vendas globais chegam a 20,9 bilhões de ienes (R$ 534,6 milhões; ano fiscal 2013) ao ano. São mantidos mais de 30 mil funcionários diretos mundo afora, com produtos vendidos em mais de 160 países.

mitsubishi-imiev-2011.jpeg
Continua após a publicidade

Publicidade