Clique e assine por apenas 8,90/mês

Mercado mostra sinais de reação em março

Produção de motocicletas registrou aumento de 6,4% em relação a fevereiro

Por Alexandre Ciszewski - Atualizado em 9 nov 2016, 12h21 - Publicado em 4 abr 2013, 19h00
Mercado mostra sinais de reação em março

A Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo), divulgou dados um pouco mais animadores sobre o segmento de motocicletas nesta quinta-feira (04).

Segundo a entidade, a produção de motocicletas registrou um aumento de 6,4% em relação ao mês de fevereiro, passando de 123.338 unidades para 131.374. As vendas no atacado subiram 7,1%, atingindo 129.982 motos contra 121.361 em fevereiro de 2013.

Já no varejo, a média diária de vendas registrou 6.192, superando as 5.661 motocicletas contabilizadas em fevereiro, que apresentou dois dias úteis a menos.

“Com esses resultados registrados em março, mantemos a projeção para este ano, com um aumento de 3,7% na produção, chegando a cerca de 1.750.000 motocicletas, e de 2,4% nas vendas no atacado, que devem ficar torno de 1.664.000 unidades”, disse Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo.

Continua após a publicidade

No acumulado do primeiro trimestre de 2013, porém, a produção registrou queda de 25,1% em relação ao mesmo período do ano passado, com 381.708 unidades ante 509.545. As vendas no atacado, quando comparadas com 2012, também apresentaram queda, um pouco menor, de 21,9%, passando de 468.493 para 366.078 motos. A queda é ainda maior quando comparamos a produção de motocicletas em março de 2013 com o mesmo mês de 2012, quando foram produzidas 179.451 unidades: 26,9%,

“O primeiro trimestre de 2012 foi o melhor período do ano. A partir daí, as vendas passaram a apresentar quedas consecutivas até dezembro. Neste ano, começamos a notar certa reação do mercado. Apesar das adversidades com relação ao crédito, esperamos uma recuperação gradativa a partir do segundo semestre”, completou.

As exportações do primeiro trimestre de 2013 se mantiveram praticamente estáveis em relação ao mesmo período de 2012, registrando ligeiro aumento de 0,3%.

Publicidade