Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Menino invade carro conectado com sistema de US$ 15

Garoto de 14 anos conseguiu até dar a partida no motor

Por Vitor Matsubara Atualizado em 9 nov 2016, 14h21 - Publicado em 25 fev 2015, 16h21
tecnologia

Um garoto de apenas 14 anos conseguiu hackear a central eletrônica de um carro sem muitas dificuldades durante uma convenção de segurança da informação.

Segundo informações da Info, o adolescente utilizou equipamentos eletrônicos comprados por apenas US$ 15 para destravar as portas e dar a partida no automóvel, que não teve sua marca nem modelo revelados. O garoto construiu uma placa de circuito durante a madrugada e, no dia seguinte, conseguiu hackear o veículo, conseguindo ligar até os limpadores de para-brisa e o sistema de som.

Anuja Sonalker, cientista-chefe da organização, definiu a façanha como um “momento chave” para a indústria automotiva. “Não é preciso ser um engenheiro (para conseguir invadir o sistema de um carro). Você pode ser uma criança com 14 dólares”, provocou.

De acordo com a cientista, as principais ameaças aos carros conectados consistem em malwares e roubos de dados de direção. Sonalker reconhece ser “impossível” impedir completamente estas invasões e alerta que minimizar os danos e consequências de possíveis ataques é fundamental para garantir a segurança dos motoristas. Nem que para isso seja preciso realizar um extenso trabalho de cooperação entre autoridades, montadoras e experts em segurança da informação.

“Poderemos não acertar de primeira, mas uma cooperação entre diversos agentes é a melhor forma de encarar esse problema”, concluiu.

Continua após a publicidade

Publicidade