Clique e assine por apenas 8,90/mês

Marcha a ré: os destaques de QUATRO RODAS em novembro de…

De 1966 a 2006, uma viagem no tempo para relembrar o que já foi notícia na revista de automóveis mais tradicional do país

Por Guilherme Fontana - 7 nov 2016, 18h41
QUATRO RODAS - novembro de 1986

[obs: para acessar os links do Acervo Digital da QUATRO RODAS, é preciso desabilitar o bloqueio de pop-ups, caso ele esteja ativado]

2006

QUATRO RODAS - novembro de 2006

Já faz dez anos que os pequenos sedãs lutam para provar que podem ser o carro de grandes famílias. Em 2006, a chegada do Prisma (que evitava o parentesco com o Celta) movimentou o segmento. Com bom espaço para todos os ocupantes e porta-malas digno de carros médios, o então novato ficou frente a frente com os veteranos Siena e Fista sedã. Pela melhor relação custo-benefício e pelo bom motor 1.4 (além do fator novidade), o GM levou a melhor.

Continua após a publicidade

Além da concorrência, o Prisma também brigou dentro de casa e enfrentou os irmãos mais velhos Classic e Corsa sedã. A mesma edição também era marcada pela invasão dos aventureiros urbanos. Com cada vez mais opções no mercado, comparamos os principais representantes do segmento na época: VW CrossFox, Fiat Idea Adventure, Peugeot 206 SW Escapade e Ford EcoSport.

QUATRO RODAS - novembro de 2006

E para os fãs dos esportivos, tivemos o teste de uma raridade: o Polo GTI, do qual apenas 30 unidades foram importadas para cá – por um valor na época superior ao do Golf GTI.

 

Continua após a publicidade

1996

Continua após a publicidade

QUATRO RODAS - novembro de 1986

Um dos maiores sucessos contemporâneos da Ford no Brasil, o Ka era avaliado pela primeira vez antes de sua chegada ao país. O compacto foi destaque no Salão de Paris daquele ano e estreou por aqui em 1997. Outras atrações do evento francês passaram pelos testes de QUATRO RODAS: Porsche Boxster, Volkswagen Passat, Ford Mondeo, CItroën Berlingo, Lotus Elise e Renault Safrane.

 

Continua após a publicidade

1986

Continua após a publicidade
QUATRO RODAS - novembro de 1986

O Monza estreava o inédito motor 2.0 de 110 cv, que garantia bons números de aceleração e retomada, além de baixo índice de ruídos. Por outro lado, pecava pelo preço alto em relação ao sedã equipado com o motor 1.8. Ainda entre os testes, a Belina mostrava novidades para a linha 1987 e o Uno inaugurava a 1.5 R, saudosa versão com a tampa do porta-malas preta. 

Doze páginas eram dedicadas a mostrarem algumas das atrações do Salão do Automóvel de 1986, na época sediado no pavilhão de exposições do Anhembi. Entre elas, QUATRO RODAS mostrou diversos detalhes que não puderam ser vistos de perto pelo público pagante, como a senha de abertura das portas do Lincoln Limousine e o painel digital do Nissan 300 ZX.

 

Continua após a publicidade

1976

Continua após a publicidade

QUATRO RODAS - novembro de 1976

O pequeno-grande concorrente da VW Brasília, Fiat 147 L, enfim era lançado no mercado brasileiro. Em seu primeiro teste, o modelo se destacou por ser econômico, estável e ágil. Outra boa surpresa ficou para o preço de lançamento do compacto: consideravelmente mais baixo do que o estipulado inicialmente.

Na mesma edição, porém, a já citada Brasília também teve seu espaço. O modelo apresentava novidades para a linha 77, como o duplo circuito para o sistema de freios e a coluna de direção de segurança, que agregava mais segurança aos ocupantes. 

 

Continua após a publicidade

1966

QUATRO RODAS - novembro de 1966

Na edição de número 76, a homenagem era aos “hermanos” argentinos. Enquanto o Brasil ainda sofria com o grande atraso da indústria automobilística, QUATRO RODAS mostrou as (belas) opções disponíveis na Argentina, como o Rambler Ambassador, o Valiant IV GT e o Citroën 2 CV.

Publicidade