Land Rover irá restaurar e vender 25 unidades do clássico Série 1

Futuros clientes poderão acompanhar o processo de restauração do utilitário

Land Rover Série 1 front Land Rover Série 1

Land Rover Série 1  (/)

Após encerrar a produção de um dos modelos mais longevos no mercado mundial, o Defender, a Land Rover quer manter viva a história do utilitário que lhe deu origem: o Série 1. A divisão Land Rover Classic irá restaurar 25 unidades do clássico Série 1, disponibilizando para venda os modelos restaurados para clientes e entusiastas da marca.

LEIA MAIS

>> Clássicos: Land Rover Série 1, o fruto da terra

>> Clássicos: Range Rover Classic, o Rolls-Royce da lama

>> Impressões: Range Rover Evoque 2016, o SUV que não parece SUV

Land Rover Série 1 rear Modelo começou a ser fabricado em 1948

Modelo começou a ser fabricado em 1948  (/)


Land Rover Série 1 bancos Bancos do modelo são inteiriços

Bancos do modelo são inteiriços  (/)

Batizado de “Projeto Reborn” (renascido em inglês), essa é a primeira vez que os apaixonados por veículos clássicos têm a oportunidade de comprar um Land Rover Série 1 em estado de “zero”. Para fazer a restauração, uma equipe de especialistas da Land Rover Classic escolheu cuidadosamente 25 chassis de modelos Série 1 com base em sua autenticidade. Além disso, cada utilitário será restaurado seguindo as características originais de 1948, que inclui peças originais da divisão especial e as cinco cores que eram usadas na época: Light Green, Bronze Green, RAF Blue, Dove Grey e Poppy Red.

Land Rover Série 1 interior Interior rústico com vocação para o trabalho

Interior rústico com vocação para o trabalho  (/)


Land Rover Série 1 motor Motor 1.6 produzia 50 cv e 11 mkgf

Motor 1.6 produzia 50 cv e 11 mkgf  (/)

Os futuros clientes poderão escolher desde o exemplar entre as 25 unidades disponíveis até a pintura de sua preferência – tudo com as orientações da equipe de restauração da Land Rover Classic. Uma das coisas mais divertidas será a oportunidade de os clientes acompanharem o processo do começo ao fim, na nova oficina de clássicos da Land Rover, localizada no centro de produção original do Defender em Solihull, na Inglaterra.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s