Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Grupo PSA pretende reduzir número de modelos disponíveis

Linha DS deve se tornar marca premium independente

Por Redação Atualizado em 9 nov 2016, 13h35 - Publicado em 14 abr 2014, 14h57
fabricantes

O grupo PSA Peugeot Citroën anunciou na manhã desta segunda-feira (14) uma reestruturação grande em sua gama de veículos. Atualmente, são 45 modelos disponíveis no mercado e, segundo a empresa, o objetivo é reduzir este número para 2016 até 2020.

O Presidente da PSA, Carlos Tavares, falou que uma mudança drástica foi tomada como forma de aperfeiçoar o uso das plataformas, reduzindo custos com desenvolvimento e produção. Além disso, o tempo necessário para pesquisas será usado de forma mais eficiente como resultado do foco em apenas 26 modelos ao invés de 45 como é atualmente.

Outra informação importante divulgada é sobre a linha DS. Segundo Tavares, a PSA vai continuar trabalhando para fazer desta marca premium algo independente da Peugeot e da Citroën, com as três tornando-se complementares.

Estas decisões fazem parte da reestruturação do grupo em busca de maior competitividade, o que também inclui expandir suas operações na China. O objetivo é triplicar a produção até 2020 com a parceria com a Dongfeng e o crescimento da linha DS, além de modernizar as fábricas para reduzir os custos de produção.

Continua após a publicidade

Publicidade