Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Ford Ranger a hidrogênio leva ainda mais carga e emite apenas água

Picape transformada pela H2X, startup australiana, será entregue aos compradores em abril de 2022 e terá capacidade de carga de 1,5 tonelada

Por Guilherme Fontana 30 jul 2021, 08h50
H2X T6 Ford Ranger
Ford Ranger ganha adaptação para rodar com células de hidrogênio H2X/Divulgação

Enquanto a Ford concentra seus esforços em modelos movidos a energia elétrica, como a picape F-150 Lightning, uma startup australiana foi além e anunciou a Ranger como seu primeiro modelo abastecido com células de hidrogênio. A H2X Global produzirá o modelo, que não tem qualquer relação oficial com a Ford, em uma tiragem limitada que será entregue até abril de 2022.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 8,90

De acordo com a empresa, financiada pela australiana Liberty Energy Capital, a T6 Ford Ranger FCEV foi concebida originalmente para uso interno. O interesse gerado nos clientes, porém, estimulou a produção limitada da picape e já tem pedidos feitos na Holanda, Austrália e Malásia. Os preços não foram revelados.

H2X T6 Ford Ranger
Apesar da produção limitada, a picape poderá ser utilizada para passeio ou trabalho H2X/Divulgação

O conjunto mecânico é composto por um motor elétrico de 95 cv alimentado por células de hidrogênio. Há opção de tração 4×4 ou 4×2, que poderá carregar até 1.500 kg de carga útil – número bem superior ao de uma Ranger convencional, que chega aos 1.168 kg. Também serão oferecidas diversas opções de carroceria, como cabine simples ou dupla, para ser utilizada como o cliente desejar.

O mais interessante é que o uso do hidrogênio para gerar eletricidade gera apenas água.

Continua após a publicidade

Para o CEO da startup, Brendan Norman, o volume de produção dos modelos da H2X poderá chegar a 5 ou 6 dígitos entre os próximos 5 a 10 anos. No caso da Ranger, o chefão não revelou quantas unidades serão produzidas, mas afirmou que a maioria dos clientes comprarão mais de uma. “Eles levarão de dois a cinco veículos cada, e isso nos permitirá obter dados reais do funcionamento”, disse.

H2X T6 Ford Ranger
Picape entrega 95 cv e pode carregar 1,5 tonelada H2X/Divulgação

Próximos passos

Com os planos ambiciosos, a empresa prevê dois novos modelos após a chegada da Ford Ranger convertida, como uma van utilitária leve e um táxi, que serão comercializados especialmente na Europa, que possui uma crescente rede de abastecimento de hidrogênio. Uma produção própria de baterias também está na mira da australiana.

H2X T6 Ford Ranger
Modelo estará disponível com diversas configurações de carroceria, além de tração 4×2 ou 4×4 H2X/Divulgação

O Darling, nome escolhido para o táxi, será construído a partir de uma plataforma totalmente nova. Depois, o modelo dará origem a uma picape e um SUV.

“O SUV será projetado para o público em geral e vamos precisar de uma rede forte [de reabastecimento de hidrogênio] para que as pessoas se sintam confortáveis ​​com ele”, disse Norman. Veículos pesados, como caminhões e ônibus, não são prioridades da H2X.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital

Edição de julho

 

Continua após a publicidade

Publicidade