Ford quase extinguiu a marca Lincoln

Novo CEO, Mark Fields foi decisivo para a manutenção

mercado mercado

mercado (/)

A Ford esteve prestes a extinguir a marca de carros de luxo Lincoln em 2013. A informação foi revelada pela Bloomberg, citando que Alan Mulally, CEO que deixa o cargo ao fim desta segunda-feira (30), estava desgostoso com a produção lenta do sedã MKZ e com sua campanha publicitária extremamente cara.

Quem dissuadiu Mulally de tomar essa decisão foi exatamente Mark Fields, atual COO da Ford e que assumirá a chefia da companhia amanhã (1º). Ao lado de Jim Farley, chefe de Marketing do grupo, Fields mostrou que valeria a pena continuar com a Lincoln no mercado.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s