Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Ford Mustang ganha facelift e aposenta motor V6

Cupê recebe transmissão automática de 10 marchas desenvolvida em parceria com a GM

Por Diego Dias Atualizado em 17 jan 2017, 16h31 - Publicado em 17 jan 2017, 12h39
Mustang GT na posição 3x4 de frente
Novo Mustang ganhou faróis recortados na porção inferior Divulgação/Ford

Após muitos flagras de unidades com camuflagem pesada nos Estados Unidos, o Mustang 2018 foi revelado. O muscle car recebeu um facelift para fazer frente ao Camaro — que vem conquistando o segmento na Terra do Tio Sam.

As mudanças no Mustang foram sutis: faróis recortados na parte inferior, luzes auxiliares de led, para-choques com entradas de ar com novo desenho, capô mais baixo e 12 opções de rodas. A traseira também teve o para-choque redesenhado, enquanto a lanterna permanece com as três barras verticais, porém com as extremidades curvas.

Por dentro, as linhas mantém o aspecto retrô, trazendo novos materiais de acabamento nos painéis das portas e console central, além de um novo painel de instrumentos digital configurável de LCD de 12 polegadas e central multimídia compatível com Apple CarPlay e Android Auto. O sistema Ford Sync com Ford Pass também está disponível, e permite ligar o carro, travar e destravar as portas, bem como localizá-lo via aplicativo de smartphone.

Interior Mustang GT
Interior recebe painel digital configurável de 12 polegadas Divulgação/Ford

A Ford aposentou o motor V6 3,6 litros naturalmente aspirado, deixando o propulsor quatro cilindros 2.3 EcoBoost para o modelo de entrada e o V8 5.0 para a versão topo GT, ambos atualizados e mais potentes — as novas especificações serão reveladas ainda esse ano. Atualmente, o conjunto quatro cilindros 2.3 tem 314 cv e o V8 5.0 441 cv.

Novo Ford Mustang GT na posição 3x4 de traseira
Cupê tem 12 opções de rodas Divulgação/Ford

A transmissão automática de 10 marchas desenvolvida em conjunto com a GM, já utilizada na nova Ford F-150 e no Camaro ZL1, agora equipa tanto a versão 2.0 EcoBoost quanto a GT com o V8 5.0. A marca garante trocas de marcha mais rápidas e melhores respostas em baixas velocidades. Outra novidade são seletores de modo de condução em três níveis (Normal, Sport e Track), bem como os amortecedores controlados magneticamente e um novo escapamento com válvula ativa, que altera o ronco do motor da versão V8 ao toque de um botão.

Novo Ford Mustang GT na posição 3x4 de traseira
Lanternas com três barras verticais agora têm extremidades curvas Divulgação/Ford

Destaque também para os novos itens de segurança como controle de velocidade adaptativo, aviso de colisão com detecção de pedestres, assistência de manutenção e alerta de saída de faixa. O novo Mustang será comercializado a partir de setembro nos EUA, enquanto sua chegada ao Brasil é esperada para 2018.

  •  

    Continua após a publicidade
    Publicidade