Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Ferrari revela nova LaFerrari Spider

Superesportivo terá mais detalhes revelado em sua apresentação, no Salão do Automóvel de Paris

Por Diego Dias Atualizado em 23 nov 2016, 21h19 - Publicado em 5 jul 2016, 14h31
LaFerrari Spider
LaFerrari Spider será mostrada por completo no Salão do Automóvel de Paris

O superesportivo LaFerrari acaba de ter revelado a sua versão conversível Spider. A marca divulgou as primeiras fotos, sem revelar muitos detalhes, mas é certeza que terá mais de 900 cv. O carro deve ser apresentado por completo no Salão do Automóvel de Paris, em setembro.

LEIA MAIS:

>> Quarenta anos depois, Ferrari vai reviver o mito Dino

>> Comparativo: Ferrari F40 x Ferrari 430 Scuderia

>> Vídeo: LaFerrari avaliada em R$ 16,9 milhões se acidenta em rali de luxo

Continua após a publicidade

>> Vídeo: O poder de atratividade de uma Ferrari sobre as mulheres

LaFerrari Spider
Carroceria traz grafismo vermelhos; cabine segue o mesmo tema

Segundo a Ferrari, todas as unidades da Spider já foram vendidas a clientes selecionados pela marca que viram o modelo antecipadamente. Até o momento, sabe-se que ela terá teto removível de fibra de carbono, bem como reforços estruturais no chassi para compensar eventuais perdas na rigidez torcional por conta da retirada do teto. No visual, a versão sem teto se diferencia pelos grafismos vermelhos no capô, ao redor da tampa de vidro do motor e para-choques. Por dentro, os bancos esportivos seguem a mesma temática, com detalhes em vermelho.

LaFerrari Spider

Mecanicamente, a LaFerrari Spider manterá o mesmo conjunto motriz da versão fechada, com o motor V12 6.3 aspirado atrelado a um propulsor elétrico que, juntos, desenvolvem 963 cv de potência e torque máximo de 91,6 mkgf. Devido aos reforços estruturais, o peso da LaFerrari Spider deverá ficar um pouco acima dos 1.260 quilos da LaFerrari cupê, alterando discretamente os números de desempenho do superesportivo, que possui aceleração de 0 a 100 km/h na casa dos 3 segundos e velocidade máxima de 350 km/h.

Estima-se que entre 150 e 200 exemplares serão produzidos, um número menor que as 499 unidades da LaFerrari com cabine fechada. E se a original já custava nada menos que US$ 1,69 milhões, não espere que a Spider saia mais barato – pelo contrário.

Continua após a publicidade

Publicidade