Estudo: mulheres pechincham valores de reparos melhor do que os homens

Por outro lado, na média, preços passados a elas são mais elevados

mercado mercado

mercado (/)

As mulheres conseguem melhores resultados ao pechinchar os valores de reparos automotivos do que os homens. É o que revela estudo feito pela Escola de Administração da Northwestern University, de Evanston, Illinois (Estados Unidos).

O estudo propunha que homens e mulheres simulassem pedidos de orçamento para a troca de radiador de um Toyota Camry 2003. Pela proposta, os clientes deveriam mostrar ciência do valor de mercado do serviço (US$ 365), ou ideia equivocada de preço (US$ 510) ou total desconhecimento ao fazer a solicitação.

Como resultado, os preços passados aos homens foram menores do que aqueles enviados às mulheres, mesmo quando ambos informavam ter ciência do valor médio praticado. Entretanto, quando sugeriam o valor errado, acima da média, recebiam propostas igualmente mais elevadas.

Quanto à negociação pela diminuição do valor, a famosa pechincha, as mulheres foram mais bem-sucedidas. 35% delas conseguiram um desconto, contra apenas 25% dos homens.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s