Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Dodge Journey renasce como SUV chinês exclusivo para a América Latina

Após teaser misterioso divulgado em agosto, a montadora revelou o nome do seu novo SUV que será feito com base em um modelo japonês

Por João Vitor Ferreira Atualizado em 4 out 2021, 15h14 - Publicado em 30 set 2021, 18h51
Dodge Journey fabricado na China
GAC Motor/Divulgação

Depois do mistério no anúncio, o novo SUV da Dodge para a América Latina resgatará o nome Journey, o mesmo do SUV aposentado em 2020. A principal novidade é que ele será um rebadge — quando um mesmo veículo é vendido sob duas marcas diferentes — do SUV chinês GAC GS5.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 8,90

O Journey 2022 mantém o mesmo tamanho do GS5, tendo 4,7 m de comprimento, 1,7 m de altura, 1,8 m de largura e 2,71 m de entre-eixos. Sem informações oficiais, a motorização, provavelmente, repetirá o quatro cilindros 1.5 turbo de 152 cv e 23,9 kgfm, com transmissão automática de seis velocidades e suspensão McPherson na dianteira e Multilink atrás.  De diferente, apenas o design da grade frontal.

Continua após a publicidade

A produção já começou na China. O primeiro país que irá receber o novo Journey 2022 será o México. Posteriormente, o SUV será exportado para outros mercados da América Latina, porém esses ainda não foram confirmados.

Novo Dodge Journey produzido pela GAC Motors
O Journey será o segundo rebage vendido pela Dodge no México. O outro é o Atittude, que é idêntico ao Mitsubishi Mirage G4 GAC Motors/Divulgação

No Brasil, a Dodge está sem nenhum modelo no catálogo desde que o último Journey foi vendido. Já nos EUA, onde o veículo também era vendido, o mais provável é que o novo Journey não dê as caras. Para esse mercado em específico, a Dodge deve esperar para lançar o seu SUV híbrido plug-in, Hornet, feito com a mesma arquitetura do Alfa Romeo Tonalle e que tem estreia marcada para 2022.

Grade cromada em cruz marca a versão pós-2011
Antigo Dodge Journey que foi comercializado no Brasil até 2020 Marco de Bari/Quatro Rodas

As vendas no México estão marcadas para começar já em novembro, mas nenhum detalhe sobre preços foi divulgado.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital

Capa 749
Arte/Quatro Rodas
Continua após a publicidade

Publicidade